Títulos / Companhia das Letras / O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Companhia das Letras
O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
José Saramago


#OANODAMORTEDERICARDOREIS(COLECAOPREMIONOBEL)
Apresentação
A notícia da morte de Fernando Pessoa, telegrafada de Lisboa pelo companheiro de heteronímia Álvaro de Campos, faz Ricardo Reis decidir-se a retornar imediatamente a Portugal. Como logo percebem os funcionários do hotel onde ele se hospeda na noite tempestuosa da chegada a Lisboa, Reis possui um temperamento formal e comedido. Gosta de fechar-se em seu quarto, aparecendo quase somente nos horários das refeições ou nas saídas e chegadas de suas perambulações solitárias pela cidade. Enquanto espera tranquilamente a hora de ir juntar-se ao seu criador, assiste pelos jornais ao espetáculo do mundo e às vezes compõe versos dedicados à camareira do hotel ou a uma jovem hóspede com a mão esquerda paralisada.
As fronteiras habituais entre realidade e literatura dissolvem-se de modo impactante nesta amostra emblemática da ficção de José Saramago. O ano da morte de Ricardo Reis considerado por muitos críticos seu melhor romance e o livro-chave que o projeta entre os maiores prosadores da língua portuguesa. Aproveitando habilmente o fato de Fernando Pessoa não ter fixado em seus escritos a data da morte de Reis, o autor encena os últimos meses do poeta das musas abstratas com sua habitual maestria narrativa.
Ficha Técnica
Título original: O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Capa: Raul Loureiro
Claudia Warrak
Páginas: 472
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Peso: 0.682 kg
Acabamento: Capa dura
Lançamento: 19/10/2011
ISBN: 9788535919059
Selo: Companhia das Letras
Série
40 NOVELAS (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Luigi Pirandello
Esta edição brasileira, organizada, traduzida e prefaciada por Maurício Santana Dias, traz pela primeira vez uma reunião das quarenta novelas de Pirandello que estiveram na origem de textos dramatúrgicos famosíssimos como Seis personagens em busca de autor, Assim é (se lhe parece), O homem da flor na boca e tantos outros. Leia +
AMADA (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Toni Morrison
Baseado numa história real, Amada é ambientado em 1873, época em que os Estados Unidos começavam a lidar com as feridas da escravidão recém-abolida. Com estilo sinuoso, Toni Morrison constrói uma narrativa complexa, que entrelaça com maestria brutalidade e lirismo. Leia +
AMOR DE NOVO (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Doris Lessing
Sarah Durham, de 65 anos, entra em estado de amor - e teme perder a razão. Belíssima reflexão sobre os sentimentos e o envelhecimento: o tempo, a solidão - e a paixão. Romance na linhagem de O carnê dourado. Leia +
O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
José Saramago
Depois de uma temporada de autoexílio no Brasil, o heterônimo de Fernando Pessoa está de volta a Lisboa. O ano é 1936, e ele tem de pôr de lado sua índole contemplativa para poder se situar em meio aos acontecimentos políticos de uma Europa em ebulição. Leia +
UMA CURVA NO RIO (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
V. S. Naipaul
Numa pequena cidade da África, um comerciante indiano testemunha as transformações pós-coloniais. A chegada ao poder de um líder populista dissipa traços de influência britânica e dá lugar ao nacionalismo e à corrupção. Um dos principais romances do autor, Uma curva no rio é um romance sobre uma jornada pessoal e histórica ao coração do continente africano. Leia +
DESONRA (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
J. M. Coetzee
Sucesso de crítica e de público, Desonra conta a história de David Lurie, professor de literatura que é expulso da universidade após ter um caso com uma aluna. Com um ritmo narrativo que magnetiza o leitor, o romance investiga as relações entre uma cultura humanista e a situação social explosiva da África do Sul pós-apartheid. Leia +
HENDERSON O REI DA CHUVA (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Saul Bellow
O milionário americano Eugene Henderson, veterano de guerra e descendente de homens ilustres, resolve dar uma virada radical em sua vida, e parte para o coração da África em busca de relações humanas mais autênticas e de um sentido para a existência. Leia +
JOVENS DE UM NOVO TEMPO DESPERTAI! (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Kenzaburo Oe
Coletânea de sete ficções em que Kenzaburo Oe se ampara em versos do poeta inglês William Blake para descrever o cotidiano de um escritor de meia-idade com seu filho excepcional. Leia +
A MORTE DE MATUSALÉM (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL) - E outros contos
Isaac Bashevis Singer
Como quem conversa com o leitor à mesa de um café em Varsóvia ou numa delicatéssen de Nova York, o grande contista polonês retrata uma série de vidas transtornadas pelo amor e pela tentação do sexo. Leia +
NEVE (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Orhan Pamuk
Aprisionado pela neve em uma minúscula e remota cidade da Turquia, o poeta Ka se vê no epicentro de um microcosmo de conflitos raciais e religiosos do mundo muçulmano. Leia +
NOITES DAS MIL E UMA NOITES (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Naguib Mahfouz
Dezessete contos interligados em que o grande escritor egípcio recria o mundo de Scherazade num fascinante mosaico de dramas e dilemas com que os personagens das Mil e uma noites jamais sonharam. Leia +
OSSOS DE SÉPIA (COLEÇÃO PRÊMIO NOBEL)
Eugenio Montale
Em tempos de "palavras boas para todos os usos", Montale foi "o poeta da precisão", escreveu Calvino em Por que ler os clássicos; ele nos fala "de um mundo turbilhonante [...], sem um terreno sólido onde apoiar os pés, com o único recurso de uma moral individual à beira do abismo". Primeira edição brasileira integral desta obra-chave do Prêmio Nobel de 1975. Leia +
Autor
Faça seu cadastro na Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A.
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone.: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Todos os direitos reservados 2016