Livro acessível
0
Carrinho
7 resultados
Companhia das Letras

Neste primeiro volume de O arquipélago, última parte da trilogia O tempo e o vento, os Cambarás retiram o apoio ao governo e aderem à revolução libertadora em 1923. As peripécias e paixões da luta são narradas pela perspectiva do escritor Floriano Cambará, que, em 1945, relembra os passos de sua vida. Leia +
Companhia das Letras

A revolução de 23 chega ao fim e o Rio Grande do Sul é pacificado, mas por pouco tempo. Guarnições militares das Missões se rebelam e Toríbio, o irmão mais velho de Rodrigo, une-se a elas na formação de uma coluna revolucionária que tem "um ilustre desconhecido" à frente, um certo capitão Luiz Carlos Prestes... Leia +
Companhia das Letras

No último volume de O arquipélago, que fecha a trilogia O tempo e o vento, os conflitos da família Cambará convergem para uma encruzilhada de tempos e memórias. Rodrigo tem um acerto de contas definitivo com o filho, Floriano, que começa a escrever o grande romance de sua vida. Leia +
Companhia das Letras

Em O Retrato, segunda parte da trilogia O tempo e o vento, Rodrigo Cambará, neto do heróico capitão Rodrigo, torna-se um líder populista, defensor dos pobres e do Estado Novo. Em 1945, com a queda de Vargas, Rodrigo volta à cidade natal para um ajuste de contas com a família. Leia +
Companhia das Letras

Neste volume que conclui a segunda parte de O tempo e o vento, Rodrigo Terra Cambará enfrenta as contradições de seus afetos privados e reafirma sua inteireza ética e sua coragem. No fim do Estado Novo e da Segunda Guerra Mundial, a família Terra Cambará não se reconhece no país que ajudou a construir. Leia +
Companhia das Letras

O Continente abre a mais famosa saga da literatura brasileira, O tempo e o vento. A trilogia - formada por O Continente, O retrato e O arquipélago - percorre um século e meio da história do Rio Grande do Sul e do Brasil, acompanhando a formação da família Terra Cambará. Leia +
Companhia das Letras

O Continente vol. 2 conclui a primeira parte de O tempo e o vento. Aqui, as lutas da Revolução Federalista e a guerra no casarão chegam a um desfecho dramático. Numa guerra sem quartel, Bibiana confronta-se com a nora pela posse do Sobrado e do menino Licurgo, herdeiro da família. De longe, o médico Carl Winter a tudo observa, fascinado pela tenacidade daquela gente... Leia +