Livro acessível
0
Carrinho
29 resultados
Companhia das Letras

Neste terceiro volume da coleção Amores Expressos, Luiz Ruffato revela sua mão segura e inventiva ao narrar a história de Serginho, mineiro desiludido com o casamento e a falta de emprego que decide se aventurar em Portugal, em busca de redenção financeira e, quiçá, amorosa. Leia +
Companhia das Letras

Segundo volume da coleção Amores Expressos, O filho da mãe entrelaça as histórias de um punhado de mulheres que buscam livrar seus filhos da guerra, da solidão e do crime. Do autor de Mongólia e Nove noites. Leia +
Companhia das Letras
haicai
Vários autores

Reunindo autores de diversas gerações e tendências que praticam ou praticaram o haicai (pequeno poema de origem japonesa) no Brasil, esta rica coletânea completa a coleção Boa Companhia, que já lançou contos, poemas e crônicas. Leia +
Companhia das Letras
NOITE (2009)

Como o Raskolnikov de Dostoiévski, o Homem de gris sabe que tem uma culpa - mas, diferentemente do herói de Crime e castigo, não sabe que crime cometeu. Sabe que fez alguma coisa terrível. O que terá feito? Onde? Contra quem? Leia +
Companhia das Letras

Entre tragédias da história e comédias da vida cotidiana, Erico Verissimo cria um embaixador num país imaginário no mar do Caribe para questionar o sentido das revoluções e golpes militares nos países latino-americanos, debater o papel do intelectual em meio aos conflitos e defender a luta por princípios e o horror à violência. Leia +
Companhia das Letras

Terceiro e último volume da série consagrada à publicação da obra poética ortônima (Pessoa ele-mesmo) reúne 123 poemas inéditos. Leia +
Companhia das Letras

Neste volume da Coleção História Social da Arte, os historiadores Dora e Erwin Panofsky destrincham os percursos e as metamorfoses do mito de Pandora ao longo dos séculos em diferentes tradições e registros. Leia +
Companhia das Letras

Em seu grande épico da condição sertaneja, Jorge Amado narra a saga de uma família de lavradores pobres expulsos de suas terras. O cangaço, o misticismo e os embates políticos pontuam a penosa e acidentada trajetória desses indivíduos, configurando um vívido painel do Brasil. Posfácio de Nelson Pereira dos Santos. Leia +
Companhia das Letras

Em 1940, uma eleição na Academia Brasileira de Letras opõe as forças da cultura ao obscurantismo nazifascista. Ao reconstituir um momento crucial da história brasileira, Jorge Amado expõe com humor e ironia as entranhas das nossas elites. Posfácio de Alberto da Costa e Silva. Leia +
Companhia das Letras

Narrativa densa e madura em que o autor satiriza as contradições da sociedade brasileira, enlaçando de modo irresistível alguns de seus motivos permanentes: a luta pela emancipação social, a força da cultura popular, a mesquinhez e o ridículo da elite. Posfácio de Zuenir Ventura. Leia +
Companhia das Letras

Uma caudalosa e elaborada parábola moral e política, em que personagens inesquecíveis se veem às voltas com temas agudamente atuais, como o desequilíbrio ambiental e a corrupção política. Leia +
Companhia das Letras

Divertida parábola sobre os limites entre a verdade e o mito, narrada por um historiador de província que busca reconstituir os fatos trinta anos depois de ocorridos. Leia +
Companhia das Letras

Concebido como reportagem sobre os efeitos da Grande Depressão, Elogiemos os homens ilustres foi recusado pela revista que o encomendou por romper os padrões de redação da época. Lançado em livro, tornou-se um clássico do jornalismo literário e da reportagem fotográfica, ao retratar de maneira original e arrebatadora a convivência do escritor James Agee e do fotógrafo Walker Evans com lavradores pobres do Alabama, em 1936. Leia +
Companhia das Letras

Gay Talese, um dos mais conceituados jornalistas norte-americanos - autor de O reino e o poder (uma história do New York Times) e A mulher do próximo (a crônica da liberação sexual americana nos anos 1960) - investiga agora o seu próprio trabalho. Leia +
Companhia das Letras

Reunião de cinco peças fundamentais do dramaturgo, escritas ao redor da década de 1950, cujos temas centrais são tolerância religiosa, imigração e o sonho americano, este último representado pela figura de Willy Loman, um vendedor que chega à velhice vendo seus sonhos de grandeza desmoronar. Leia +
Companhia das Letras

Maupassant provocou um curto-circuito na máquina da razão ao apontar, no fim do século XIX, para o nascimento do homem psicanalítico conduzido pelo inconsciente freudiano. Leia +
Companhia das Letras

Publicado originalmente em 1977, este volume reúne alguns dos contos mais sutis e complexos de Lygia Fagundes Telles, que palmilha o terreno do fantástico e lança mão de todos os seus recursos literários para tratar de temas como o amor, a loucura, a velhice, o poder e a morte. Leia +
Companhia das Letras

Este originalíssimo romance de formação é um dos marcos da carreira de Lygia Fagundes Telles. Lançado em 1954, narra a história de uma família de classe média abalada em seus alicerces pela loucura, pela paixão e pela morte. Leia +
Companhia das Letras

Publicados originalmente em 1995, os nove contos breves reunidos neste livro combinam alta intensidade dramática e extrema densidade literária. Com sua maestria narrativa, a autora cria situações que expõem suas personagens no que elas têm de mais secreto e indizível. Leia +
Companhia das Letras

Nos dezoito contos reunidos em Antes do baile verde, Lygia Fagundes Telles examina com olhar ao mesmo tempo crítico e solidário os mais variados destinos humanos. Na prosa fluente e sedutora que a tornou uma de nossas autoras mais admiradas, descortinam-se conflitos amorosos, descobertas surpreendentes e a eterna tensão entre o desejo e a consciência moral. Leia +
Companhia das Letras

São Paulo, 1973, auge da ditadura militar. Num pensionato para moças, as universitárias Lorena, Lia e Ana Clara iniciam a vida adulta num mundo conturbado por rápidas transformações. Lygia Fagundes Telles entrelaça de modo sutil e complexo as trajetórias dessas meninas às voltas com o sexo, as drogas e a repressão política. Leia +
Companhia das Letras

Invenção e memória se alimentam mutuamente nestes fascinantes contos de maturidade, em que Lygia Fagundes Telles parte das suas lembranças de menina para dar asas à fantasia e contar desde episódios biográficos até histórias de fantasmas e seres sobrenaturais. Leia +
Companhia das Letras

O delegado Espinosa está de licença. Recupera-se de uma facada que por pouco não acaba com sua vida. Por isso, quando uma bela mulher o procura para pedir sua proteção, ele trata de ajudá-la em caráter não oficial. Só não sabe que ela é a ponta de um labirinto de interesses, manipulações e mentiras em que poderá se perder. Leia +
Companhia das Letras

O ambiente calmo e inofensivo de uma clínica nos arredores de Londres é palco de assassinatos violentos que revelam uma engrenagem de mágoas e desejos de vingança entre serviçais, médicos e residentes. O responsável por desvendar o caso é o célebre detetive Adam Dalgliesh. Leia +
Companhia das Letras
SERENATA (2009)

Publicado pela primeira vez em 1937, este romance, de um dos mestres da literatura policial americana, conta a história do mirabolante caso de amor entre um cantor de ópera e uma prostituta mexicana. Leia +
Companhia das Letras
PREDADOR (2009)

Um suicídio, o desaparecimento de duas crianças, um crime ocorrido numa loja de artigos de Natal. Aparentemente separados no tempo e no espaço, esses eventos aos poucos se revelam integrantes da mesma trama - e levam a equipe da dra. Kay Scarpetta, personagem mais célebre da escritora Patricia Cornwell, a mais um mergulho no universo da violência hedionda e gratuita. Leia +
Companhia das Letras

Expulsos da França, depois de dois anos de exílio em Paris, Zélia Gattai e Jorge Amado são obrigados a se mudar para a Tchecoslováquia. Jardim de inverno narra os anos de desassossego e aflição, mas também de descobertas intensas, vividos pelo casal entre 1949 e 1952. Leia +
Companhia das Letras

O périplo do casal Jorge e Zélia no exílio europeu, ao lado de amigos e personalidades de fama mundial. Leia +
Companhia das Letras

Um retrato afetivo da vida em família na São Paulo do início do século XX. Leia +