Livro acessível
0
Carrinho
21 resultados
Companhia das Letras

Neste clássico da história social da arte, publicado originalmente em 1985, Michael Baxandall investiga a relação entre o artista e seu tempo, em busca de uma nova maneira de entender obras antigas e modernas. Leia +
Companhia das Letras

Aclamado estudo sobre a pintura impressionista e a Paris do século XIX que se foca nas obras de arte e nas motivações sociais do período. Ensaio revitalizador da crítica da pintura moderna, o livro dá início à coleção História Social da Arte, coordenada por Sérgio Miceli e Lilia Moritz Schwarcz. Edição ilustrada com mais de 120 imagens. Leia +
Companhia das Letras

As histórias reunidas pela autora inglesa Angela Carter nesse livro traçam um extenso painel do folclore mundial e das tradições narrativas dos mais variados povos. Mas engana-se o leitor que pensa encontrar aqui contos de fadas infantis. Eles foram escritos em uma época em que esse tipo de narrativa não era destinado a crianças, e oferecem ainda um retrato do dia-a-dia no mundo pré-industrializado. Leia +
Companhia das Letras

Philip Pullman imagina uma versão para a história de Jesus Cristo, transformando esse notório personagem em dois: os gêmeos Jesus e Cristo, de personalidades opostas. Neste livro polêmico, o grande contador de histórias britânico faz, com sua prosa enxuta e contemporânea, uma crítica do autoritarismo e da alienação professados pela Igreja. Leia +
Companhia das Letras

Inspirado no universo literário de Jane Austen, Morte em Pemberley insere os protagonistas de Orgulho e preconceito numa trama de mistério e assassinato. Leia +
Companhia das Letras

Um escritor de romances policiais aparece morto num barco à deriva, com as mãos decepadas. Apesar de a autópsia indicar morte por causas naturais, uma herança polpuda, um estranho manuscrito e uma fogueira de vaidades e ressentimentos impedem que o detetive Adam Dalgliesh acredite em tal hipótese. Leia +
Companhia das Letras

Para solucionar a série de mortes ocorridas na sombria escola de enfermagem Nightingale House, no sul da Inglaterra, o detetive Adam Dalgliesh terá de adotar o sangue-frio de um legista e apurar seu senso de observação adquirido ao longo de anos de Scotland Yard. Leia +
Companhia das Letras

Este segundo romance protagonizado pela jovem e sagaz detetive Cordelia Gray parte de um verso de T. S. Eliot para abordar o medo paralisante da morte. Leia +
Companhia das Letras

O ambiente calmo e inofensivo de uma clínica nos arredores de Londres é palco de assassinatos violentos que revelam uma engrenagem de mágoas e desejos de vingança entre serviçais, médicos e residentes. O responsável por desvendar o caso é o célebre detetive Adam Dalgliesh. Leia +
Companhia das Letras

A estréia da jovem investigadora Cordelia Gray não poderia ser mais traumática: tão logo inaugura sua agência de detetives, o sócio comete suicídio e ela tem de assumir sozinha o primeiro caso. Leia +
Companhia das Letras

A gerente administrativa de uma clínica psiquiátrica é vítima de um assasinato com características perturbadoras, que parecem apontar para várias direções. Pouco depois do incidente, o inspetor Dalgliesh já está na cena do crime. Sabe que o assassino continua no local e que não será fácil identificá-lo. Leia +
Companhia das Letras
O FAROL (2006)

Assassinato cometido numa ilha que serve de refúgio tranqüilo para o repouso de personalidades importantes ameaça o sossego de moradores e visitantes e se transforma em fato político desestabilizante. Mais um caso para o detetive Adam Dalgliesh. Leia +
Companhia das Letras

O detetive Dalgliesh e seu ajudante, o oficial Martin, investigam o assassinato da jovem e bela Sally Jupp, mãe solteira e empregada doméstica dos aristocráticos Maxie. O crime ocorre horas depois de Sally anunciar o casamento com Stephen, o charmoso filho da família. Leia +
Companhia das Letras

Uma série de assassinatos no museu Dupayne parece remeter aos crimes exibidos na popular Sala dos Homicídios. Adam Dalgliesh, poeta e inspetor da Scotland Yard, parte com sua equipe para desvendar mais um mistério cheio de reviravoltas da premiada autora P. D. James. Leia +
Companhia das Letras

O detetive da Scotland Yard Adam Dalgliesh vive uma crise existencial e resolve abandonar a carreira. Em busca de descanso, parte para um lugarejo no litoral sul da Inglaterra, atendendo ao pedido de um amigo, o padre Baddeley. Ao chegar ao local, porém, descobre que será obrigado a voltar à sua especialidade: investigar crimes assustadores. Leia +
Companhia das Letras

Numa aldeia de East Anglia, Inglaterra, o dr. Lorrimat é assassinado dentro de um laboratório especializado - ironicamente - em exames para laudos criminais. Ninguém parece lamentar a morte do perito: os suspeitos e os álibis se multiplicam entre seus colegas de trabalho. Essa é mais uma desafiadora tarefa para o detetive da Scotland Yard Adam Dalgliesh. Leia +
Companhia das Letras

Escrevendo aos oitenta anos, James está impecável na sua capacidade de construir enredos intrincados e plausíveis. Neste policial que já nasceu clássico, o inspetor Adam Dalgliesh, da Scotland Yard, encontra o terror num seminário anglicano em que alguns amam a Deus e outros amam o poder. Leia +
Companhia das Letras

O assassinato de uma advogada que defendera um jovem acusado de um homicídio brutal põe em ação o inspetor Dalgliesh e sua equipe da Scotland Yard. Leia +
Companhia das Letras

Uma série de incidentes envolvendo escritores, diretores e funcionários agita uma tradicional editora de Londres. Auxiliado por um casal de jovens inspetores, o mais famoso personagem da autora, o detetive Adam Dalgliesh, vale-se de seus dotes de poeta diletante para investigar o caso. Leia +
Companhia das Letras

Numa pequena cidade da África, um comerciante indiano testemunha as transformações pós-coloniais. A chegada ao poder de um líder populista dissipa traços de influência britânica e dá lugar ao nacionalismo e à corrupção. Um dos principais romances do autor, Uma curva no rio é um romance sobre uma jornada pessoal e histórica ao coração do continente africano. Leia +
Companhia das Letras

Sarah Durham, de 65 anos, entra em estado de amor - e teme perder a razão. Belíssima reflexão sobre os sentimentos e o envelhecimento: o tempo, a solidão - e a paixão. Romance na linhagem de O carnê dourado. Leia +