Livro acessível
0
Carrinho
Títulos / Companhia das Letras / A MORTE É UMA FESTA
Clique para ampliar
Companhia das Letras
A MORTE É UMA FESTA
Ritos fúnebres e revolta popular no Brasil do século XIX
Livro
R$ 67,90
Fechar
Escolha um vendedor
Livro vencedor do prêmio Jabuti 1992 / Categoria: Estudos Literários (Ensaio)
#AMORTEEUMAFESTA
Em 1836, uma multidão destruiu o cemitério do Campo Santo em Salvador. O episódio foi o ponto de partida do historiador João José Reis para elaborar esta etno-história das atitudes diante da morte e dos mortos no Brasil do século XIX.
Apresentação
Em 1836, uma multidão destruiu o cemitério do Campo Santo em Salvador. Inaugurado três dias antes, ele fora construído por uma empresa que obtivera do governo o monopólio dos enterros na cidade. Até aquela data, as pessoas eram enterradas nas igrejas, costume considerado essencial para a salvação das almas. A revolta contra o cemitério foi feita por centenas de manifestantes em defesa de uma vida melhor no outro mundo. Para entender tão extraordinário episódio - que ficou conhecido como revolta da Cemiterada - o historiador João José Reis realizou uma primorosa pesquisa, que revela, com riqueza de detalhes e acurada sensibilidade intelectual, as atitudes de nossos antepassados em relação à morte a aos mortos.

Prêmio Jabuti 1992 de Melhor Ensaio e Biografia
Ficha Técnica
Título original: MORTE E UMA FESTA, A
Capa: Ettore Bottini
Páginas: 360
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Peso: 0.619 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 31/10/1991
ISBN: 9788571641914
Selo: Companhia das Letras
Prêmios
Livro vencedor do prêmio Jabuti 1992 / Categoria:
Autor

Assine a newsletter da Companhia