Livro acessível
0
Carrinho
Catálogo / Companhia das Letras / A BRINCADEIRA
#ABRINCADEIRA
Um estudante envia um cartão-postal ironizando o dogmatismo comunista. Punido com anos de trabalho braçal, ele depois buscará a vingança, mas vai enfrentar perguntas como esta: qual a relação entre desejo sexual e ódio? Lançado em 1967.
Apresentação
Milan Kundera ouviu de amigos o caso de uma moça operária que fora presa por roubar flores no cemitério e com elas presentar o amante. Aos olhos dele, surgiu "uma mulher para quem o amor e a carne eram mundos separados". Essa moça -- Lucie, no romance "vivia para suas inquietações pequenas e eternas". Seu caminho cruza-se com o de Ludvik, estudante que escreve um postal ironizando o dogmatismo comunista e é punido com anos de trabalho braçal. Depois ele tentará se vingar, num processo que dissemina perguntas: pode-se praticar a vingança quando a História anda tão rápido que um homem já não é hoje o que era ontem? Por que a revolução julga com tanta severidade as brincadeiras? Qual a relação entre desejo sexual e ódio? Seria a juventude a "estúpida idade lírica"?
Ficha Técnica
Título original: LA PLAISANTERIE
Tradução: Teresa Bulhões Carvalho da Fonseca e Anna Lucia Moojen de Andrada
Páginas: 360
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.449 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 10/03/1999
ISBN: 9788571648685
Selo: Companhia das Letras
Autor
Comentários

Deixe seu comentário

Você deve estar logado para comentar
Faça seu login

Assine a newsletter da Companhia