Livro acessível
0
Carrinho
Clique para ampliar
#ACORTINA
Em novo ensaio, o autor de A insustentável leveza do ser retorna a um de seus temas preferidos: o que é o romance. Num amplo panorama da literatura ocidental, Milan Kundera propõe aqui uma reflexão das mais originais sobre essa arte e sua contribuição para a investigação da existência humana.
Apresentação
O assunto pode não ser novidade - afinal, o próprio Kundera já dedicou a esse gênero literário dois volumes de ensaios: A arte do romance e Os testamentos traídos. Nem por isso A cortina deixou de causar sensação na imprensa e na crítica internacional. E o motivo é simples: não é todo dia que um romancista consagrado decide refletir sobre seu ofício, o que Milan Kundera faz com originalidade e inteligência, "porque é assim que um romancista teoriza: conservando com ciúme sua própria linguagem, e fugindo como da peste do jargão dos eruditos".
Partindo dos mestres fundadores do romance, como Rabelais e Cervantes, A cortina excursiona pelos grandes nomes do romance europeu, tais como Flaubert, Kafka, Joyce, Robert Musil, Hermann Broch e Gombrowicz, estabelecendo continuidades e diálogos surpreendentes - por exemplo, com os latino-americanos Gabriel García Márquez e Carlos Fuentes. "Um romancista que fala da arte do romance não é um professor discorrendo de sua cátedra", afirma. O que Kundera reúne nesse seu novo ensaio são observações baseadas na sua experiência como escritor e em suas próprias leituras. O resultado é um livro fundamental para todos aqueles que produzem, criticam, estudam ou simplesmente gostam de um bom romance.
Ficha Técnica
Título original: LE RIDEAU
Tradução: Teresa Bulhões Carvalho da Fonseca
Páginas: 160
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.212 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 07/08/2006
ISBN: 9788535908831
Selo: Companhia das Letras
Autor
Comentários

Deixe seu comentário

Você deve estar logado para comentar
Faça seu login

Assine a newsletter da Companhia