Títulos / Companhia das Letras / JOAQUIM NABUCO
Companhia das Letras
JOAQUIM NABUCO
Os salões e as ruas
#JOAQUIMNABUCO
Neste volume da coleção Perfis Brasileiros, Angela Alonso traça um retrato minucioso de Joaquim Nabuco, focalizando os dilemas pessoais e embates públicos do pensador e militante abolicionista.
Apresentação
Este volume da coleção Perfis Brasileiros está dedicado à biografia, à atuação pública e à obra do intelectual, diplomata, jornalista e político Joaquim Nabuco (1849-1910). Pertencente à geração de 1870 - da qual fazem parte Tavares Bastos, Rui Barbosa e André Rebouças, entre outros -, Nabuco vive a crise política do Segundo Reinado, que assiste à desagregação da ordem política imperial. Formado pelo pai na política e na gramática monarquista, e próximo dos grupos reformistas da segunda metade do século XIX (a maior parte deles organizados em torno da República e da abolição), Nabuco expressa, em sua biografia, em sua obra e no desempenho parlamentar, os dilaceramentos de figuras premidas entre os anseios de modernização do país e o desejo de manutenção da ordem aristocrática. "Vivendo numa era de mudanças, expressou-a existencialmente", afirma Angela Alonso, "oscilando entre a devoção à sociedade aristocrática e o empenho em reformas modernizadoras, que fatalmente a destruiriam".
O perfil de Nabuco que o livro projeta deixa entrever as múltiplas identidades do personagem: menino de engenho na primeira infância; dândi na mocidade; político na maturidade. Menos do que incongruências, a análise destaca as compatibilidades entre o aprendizado nos salões e o desempenho na diplomacia e na política. O que não significa descartar tensões e ambivalências que se revelam nos titubeios amorosos, nas divisões partidárias e nas crises pessoais e intelectuais de Nabuco.
Ficha Técnica
Título original: JOAQUIM NABUCO
Capa: warrakloureiro
Páginas: 400
Formato: 13.50 x 20.80 cm
Peso: 0.485 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 30/11/2007
ISBN: 9788535911312
Selo: Companhia das Letras
Série
ANTÔNIO VIEIRA - Jesuíta do rei
Ronaldo Vainfas
Em Antônio Vieira: Jesuíta do rei, o historiador Ronaldo Vainfas analisa a personalidade multifacetada de um dos maiores escritores da língua portuguesa e reconstitui a sua intensa ligação com o Brasil, além de sua vida política e religiosa. Da coleção Perfis Brasileiros. Leia +
CASTRO ALVES - Um poeta sempre jovem
Alberto da Costa e Silva
Morto com apenas 24 anos, Castro Alves já era imensamente famoso em Salvador, no Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Num livro que é ao mesmo tempo perfil empenhado e crítica literária cuidadosa, Alberto da Costa e Silva mostra como um jovem perfeitamente integrado na sociedade escravocrata veio a ser o poeta da abolição. Leia +
CLÁUDIO MANUEL DA COSTA - O letrado dividido
Laura de Mello e Souza
Marcada por ambivalência e controvérsia, a vida de Cláudio Manuel da Costa é revisitada pela historiadora Laura de Mello e Souza, que pesquisou inventários, escrituras e processos judiciais para reconstituir os passos do poeta no Brasil e na Europa. Leia +
D. PEDRO I - Um Herói sem nenhum caráter
Isabel Lustosa
Isabel Lustosa escreve que d. Pedro I "é o personagem mais fascinante da história do Brasil" - impulsivo, desconfiado e vingativo, traiu amigos fiéis e foi implacável com os inimigos. Transitando entre o grande panorama da história brasileira e européia no século XIX, e o retrato íntimo de Pedro de Bragança e Bourbon, ela prova o seu ponto com verve e conhecimento de causa. Leia +
D. PEDRO II - Ser ou não ser
José Murilo de Carvalho
José Murilo de Carvalho apresenta dois personagens em conflito mútuo. Um, mais conhecido, é o imperador d. Pedro II, que governou o Brasil por quase meio século. O outro é Pedro d'Alcântara, cidadão comum, que amava as ciências e as letras tanto quanto detestava as pompas do poder. Leia +
GENERAL OSORIO - A espada liberal do Império
Francisco Doratioto
Neste volume da coleção Perfis Brasileiros, o historiador Francisco Doratioto investiga a figura do General Osorio, o militar mais conhecido de seu tempo, e traça uma envolvente história dos países do Rio da Prata. Leia +
GETÚLIO VARGAS - O poder e o sorriso
Boris Fausto
Nenhum governante brasileiro permaneceu no poder por tanto tempo quanto Getúlio Vargas. Para traçar o seu perfil, Boris Fausto passa ao largo do maniqueísmo e dos estereótipos, do culto ao "pai dos pobres" e da denúncia do "caudilho". Ele parte das raízes familiares de Getúlio, bem como do ambiente político em que este se formou, no Rio Grande do Sul. Leia +
JOAQUIM NABUCO - Os salões e as ruas
Angela Alonso
Neste volume da coleção Perfis Brasileiros, Angela Alonso traça um retrato minucioso de Joaquim Nabuco, focalizando os dilemas pessoais e embates públicos do pensador e militante abolicionista. Leia +
JOSÉ BONIFÁCIO
Miriam Dolhnikoff
Em novo volume da coleção Perfis Brasileiros, Miriam Dolhnikoff realiza um retrato abrangente de José Bonifácio de Andrada e Silva, figura central para o processo de Independência do Brasil. Leia +
LEILA DINIZ - Uma revolução na praia
Joaquim Ferreira dos Santos
Em sua curta trajetória, Leila Diniz teve um currículo de realizações artísticas expressivas, mas, acima de tudo, acabou por revolucionar o papel da mulher na sociedade brasileira; nas décadas de 1960 e 70, falou sem pudor sobre sexualidade e se deixou fotografar grávida, de biquíni. Leia +
NASSAU - Governador do Brasil holandês
Evaldo Cabral de Mello
Ao contrário do que se pensa, João Maurício de Nassau-Siegen não era nem holandês, nem príncipe. Sua família tinha linhagem alemã, e ele nasceu conde - o título de príncipe só lhe foi concedido às vésperas de completar cinqüenta anos. Evaldo Cabral de Mello esmiúça a experiência de Nassau no Brasil à luz das guerras e disputas comerciais da Europa do século XVII. Leia +
RONDON - O marechal da floresta
Todd A. Diacon
Grande responsável pela construção da linha telegráfica que deveria cruzar enorme parte da bacia amazônica, o oficial do Exército brasileiro Cândido Mariano da Silva Rondon foi um dos responsáveis por pensar o Brasil como uma nação. O historiador norte-americano Todd A. Diacon parte das expedições de Rondon pela região amazônica para traçar o seu perfil. Leia +
Autor
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Editora Schwarcz S.A. - Rio de Janeiro
Praça Floriano, 19, sala 3001
20031-050 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 21 3993-7510
Todos os direitos reservados 2017