Página 2 - YNARI

Versão HTML básica

6
E
ra uma vez uma menina que tinha cinco tranças lindas e se chama-
va Ynari. Ela gostava muito de passear perto da sua aldeia, ver o campo,
ouvir os passarinhos e sentar-se junto à margem do rio.
Certa tarde, já o sol se punha,Ynari ouviu um barulho. Não eram os
peixes que saltavam na água, não era o cágado que às vezes lhe fazia com­
panhia, nem era um passarinho verde. Do capim alto saiu um homem
muito pequenino com um sorriso muito grande. E, embora ele não fosse
do tamanho dos homens da aldeia de Ynari, ela não se assustou.
O homem muito pequenino andava devagarinho e devagarinho se
aproximou.
— Olá! — cumprimentou.
— Olá — respondeu Ynari, receando que estivesse a falar alto de-
mais para o tamanho do ouvido do homem muito pequenino. — Des-
culpa, mas não sei o teu nome…