Página 4 - garras

Versão HTML básica

Uma manhã, os bichos foram
para as fazendas, como de costume. O
rei leopardo foi visitar o chefe de outra aldeia.
No começo, o sol estava brilhando, mas logo
surgiram ventos fortes e nuvens negras taparam o sol.
Estava chegando a primeira chuva. Os passarinhos pararam
de cantar e o zumbido dos insetos cessou. Relâmpagos clarearam
as nuvens, ouviu-se o estrondo dos trovões. A chuva caiu sem parar.
Os bichos viram a tempestade chegando e começaram a correr para o
salão da aldeia.
O cachorro voltou para sua caverna, mas a chuva era muito, muito forte. E
a água começou a entrar na sua morada, até que, de repente, ela ficou inundada.
O cachorro corria de uma ponta a outra lá dentro, mas a água o alcançava em
qualquer lugar.
Por fim, ele saiu correndo da caverna e foi direto ao salão dos bichos.