Página 10 - bicoalfabeto

Versão HTML básica

ISBN 978-85-7406-624-0
O bicho alfabeto tem vinte e três patas, ou
quase. Por onde ele passa, nascem palavras e fra-
ses. Quando ele e o Paulo Leminski se encontram,
das palavras nascem versos e poemas, que falam
sobre o mar, o vento, a chuva, as estrelas, uma
pedra, um cachorro, uma formiga... Coisas que
todo mundo conhece, mas que se transformam
em outras quando aparecem dentro dos versos
do Leminski.
Nesta reunião inédita de poemas para os pe-
quenos, Ziraldo também colaborou com a trans-
formação: o bicho alfabeto ganhou cores e for-
mas que ninguém poderia imaginar. Foi assim que
o mundo ficou totalmente de cabeça pra baixo,
pronto pra quem quiser virar a página e se aven-
turar a ler a vida de um jeito diferente.
com apresentação de
arNaLdO aNtuNes