Página 12 - amizade

Versão HTML básica

Em meados do século XVI, quando a história de
Uma
amizade (im)possível
acontece, aos olhos dos europeus o
Brasil representava uma possessão estranha, ocupada por
homens ainda mais estranhos em seus costumes. Após
a febre do pau-brasil, foi a cultura da cana que animou a
exploraçãoda rica colôniados portugueses. Os indígenas,
os primeiros ocupantes da terra, logo notaram como os
brancos que aportavam de maneira crescente, pareciam
interessados em apenas explorar a nova colônia e seus na-
tivos. Portanto, de parte a parte, sobrava desconfiança e
motivos para todo tipo de distância e suspeita culturais. É
nesse contexto histórico que a amizade entre Pedro, filho
de um mercador português, e o corajoso Aukê, um índio
Tupinambá, ganha ares de aventura. Uma amizade impro-
vável, construída pelas semelhanças e diferenças desses
dois heróis mirins, é o ponto central da história. Voltado
para o público infantojuvenil, esta bonita história de com-
panheirismo e tolerância vem acompanhada por um glos-
sário que ajudará o leitor a entender um pouco os desafios
dessa Terra de Santa Cruz, marcada pelo vermelho da tinta
do pau-brasil e o doce do açúcar da cana.
ISBN 978-85-7406-630-1