Página 12 - MODELO

Versão HTML básica

12
cordélia
(
se livrando da mordaça
)
Nada, papai.
rei
Como assim, nada?
cordélia
(
aparte
)
Infeliz de mim que, de tão tímida, não consigo trazer o que sinto no coração até
a boca.
rei
Vamos, fale!
cordélia
Meu bom senhor é meu rei e pai, me educou e me protegeu, por isso o amo como
é meu dever, nem mais nem menos.
rei
Pense bem, você está prejudicando sua herança.
cordélia
Senhor, meu amor pelo senhor é mais profundo do que a minha fala. Mas não
poderia dizer que o amarei mais do que possa vir a amar meu futuro marido.
rei
(
furioso
)
Pois, então, fique com sua verdade como seu dote. De hoje em diante, não te-
nho mais você como filha. Para mim, você não existe mais: quem não existe não
precisa de herança. Suma da minha frente, desapareça! Nunca mais quero vê-
-la nestas terras.
cordélia
Mas, senhor…