Página 15 - MODELO

Versão HTML básica

O sequestro
E
TEM
MESMO
ALGUÉM
NO
MEU QUARTO!
Mabel Jones tentou correr em direção à porta, mas
uma mão forte e fina a agarrou por trás. Ela tentou pedir
socorro, mas só conseguiu falar o “P” de “pai” antes que
outra mão apertasse firme sua boca enquanto ela era
empurrada para dentro de um saco.
Dedos habilidosos fecharam a ponta com um nó.
O saco foi levado até a janela e empurrado para fora,
em meio à névoa, por braços grandes e peludos. Então,
parando apenas para conferir o tamanho da mordida
de Mabel Jones em sua pata, Silencius
Abominus subiu no peitoril da janela
e pulou para fora.