Livro acessível
0
Carrinho
23 resultados
Companhia das Letrinhas

A vida do Elefante Basílio narra a história de um elefante que vai parar no zoológico de Londres, onde aprende a falar inglês. Depois de ser vendido para o Circo Lusitano, é adotado por um menino. Na casa nova, Basílio sofre de uma grande tristeza, mas com a ajuda de um anãozinho, realiza uma vontade secreta: vira borboleta. Leia +
Companhia das Letrinhas

O urso com música na barriga conta o extraordinário acontecimento que se deu no Bosque Perdido: o Urso-Pardo e a Ursa-Ruiva ganham um filhote que, em vez de falar, se expressa por meio de sons melodiosos. Certo dia, o Urso-com-Música-na-Barriga é raptado e vai parar na casa de um menino rico, onde corre sérios riscos de vida. Leia +
Companhia das Letrinhas

Dez histórias tradicionais recontadas ao estilo brasileiro pela premiada escritora Ana Maria Machado, ganhadora do Hans Christian Andersen, considerado o Prêmio Nobel da literatura infanto-juvenil. Leia +
Companhia das Letrinhas

Ele lê quadrinhos e fabrica uma cidade de papel. Ela toca clarineta e cria um rinoceronte. Os dois moram no mesmo prédio, na rua do Desassossego, encontram-se todo dia no hall do edifício e falam do tempo, mas logo cada um vai tratar da própria vida. Uma história sobre a vida numa grande cidade. Leia +
Companhia das Letrinhas

Aos nove anos, Teresa se apaixona pela primeira vez. Em segredo, ela começa a namorar Alexandre, um garoto de doze anos - até que seus pais percebem o envolvimento dos dois. Uma história sobre a descoberta do amor, as dúvidas e os medos que acompanham esse sentimento. Estréia da jornalista e dramaturga Marta Góes na literatura infanto-juvenil. Leia +
Companhia das Letrinhas

Doze narrativas de um dos maiores autores da literatura infanto-juvenil de todos os tempos. O volume inclui "A pastora e o limpador de chaminés", "Um caso de amor" e "O soldadinho de chumbo", a primeira história publicada por Andersen (1805-75). Leia +
Companhia das Letrinhas

Inês Bogéa conta a hitória da dança e de sua paixão pela profissão de bailarina. Ela começou fazendo ginástica olímpica e capoeira, mas um dia viu um balé na TV, ficou encantada e decidiu que seria bailarina. O livro da dança traz informações sobre companhias de dança e apresenta os maiores bailarinos e coreógrafos do Brasil e do mundo. Leia +
Companhia das Letrinhas
QUEM É QUEM (2002)

Versos simples e surpreendentes como "Só o arco-íris/ pode pintar/ o ar" formam este livro de poemas de Lalau. Ele mostra que a poesia está nas idéias mais corriqueiras. O ritmo e a sonoridade usados pelo autor mudam a maneira de perceber as palavras, levando à surpresa e ao encantamento: "Espeto espeta,/ Agulha pinica,/ Dedo cutuca". Leia +
Companhia das Letrinhas

O que acontece quando um novo irmão vem morar conosco? Quando solteiro, trabalhando na Amazônia como indigenista, Carlos, o pai de Peri, Cauê e Jaci, teve um filho com uma índia. Agora que Carlos morreu, Carlinhos vem morar na cidade com sua nova família. Uma história sobre preconceito, enriquecida pelo imaginário indígena brasileiro. Leia +
Companhia das Letrinhas

A história dos amigos Athos, Porthos, Aramis e D'Artagnan e sua luta contra as injustiças da corte francesa. Esta adaptação do romance mais famoso de Alexandre Dumas, publicado em formato de folhetim em 1844, traz informações sobre a época, sobre personalidades históricas, o autor e sua obra. Leia +
Companhia das Letrinhas

O garoto Gregório, o príncipe Garamond e o duende Umpin visitam o Castelo do Príncipe Sapo, um lugar cheio de soldados e serviçais, onde nada é bem o que parece: o rei é parecido com o avô de Gregório e a Princesa Aurora lembra a sua prima Flora. Sonho e realidade se misturam nesta história intrigante e encantadora, contada por Jostein Gaarder. Leia +
Companhia das Letrinhas

O curioso cachorro Nilo visita o circo em companhia do esquilo Agostinho. Nesta história cheia de descobertas, escrita e ilustrada por Gilles Eduar, Nilo e seu amiguinho não querem apenas assistir aos números dos artistas. Eles também pretendem se apresentar para o respeitável público. Leia +
Companhia das Letrinhas

As estripulias de Pinóquio em sua versão original, publicada pela primeira vez em 1883. Gepeto, o Grilo-Falante, a Fada e a dupla de malandros formada pela Raposa e pelo Gato acompanham a trajetória da marionete que quer ser uma criança de carne e osso. A tradução de Marina Colasanti preserva o humor e a fantasia inconfundíveis deste clássico. Leia +
Companhia das Letrinhas
o terror domesticado

Ao lado de Cheirinho Forte e Uivo Ruivo, Lobinho cria um centro de treinamento para filhotes da floresta. Fuinhas, tartarugas e borboletas aprendem lições essenciais, como O que Fazer se uma Coisa Enorme e Assustadora Tentar Avançar Para Cima Deles ou como se tornar Esplêndidos Monstros Durões. Terceiro volume da saga de Lobinho Devagar. Leia +
Companhia das Letrinhas

Naná e Aninha partem numa aventura rumo a Atchigawá, um mundo paralelo aonde vão parar as coisas desaparecidas, como um lápis, um cinzeiro, um caderno e... Bruno, o teimoso irmão de Naná! Acompanhadas de Kiu Dju, um relógio falante que já morou no Japão, elas vão tentar resgatá-lo desse estranho lugar. Leia +
Companhia das Letrinhas

As férias na fazenda de um garoto de sete anos, acostumado às brincadeiras da cidade grande, como o futebol de rua e a leitura de histórias em quadrinhos. Drauzio Varella, autor de Estação Carandiru e Nas ruas do Brás, narra um episódio marcante da infância, guardado no fundo da memória. Leia +
Companhia das Letrinhas

Sete casos de assombração (e de esperteza) colhidos na melhor tradição brasileira, narrados numa linguagem que recria o humor, o jeito e o ritmo mineiro de contar. Há esqueletos e cemitérios, defuntos falsos ou não, sonho e realidade em interferências mútuas de arrepiar. Leia +
Companhia das Letrinhas

Um narrador inicia dez histórias e pára de repente, no ponto exato para deixar a curiosidade bem atiçada, deixando para o leitor o compromisso irresistível de imaginar o desfecho. Como um jogo de armar, as ilustrações fornecem separadamente os elementos das histórias que compõem o livro - e também de muitas outras que o leitor queira contar. Leia +
Companhia das Letrinhas

Swift (1667-1745) criou alguns dos personagens mais fantásticos de todos os tempos - como as criaturas minúsculas de Lilipute ou os Houyhnhnms, cavalos racionais e em tudo superiores ao gênero humano - e no espelho da fantasia projetou realidades de sua época. Adaptação de um clássico da literatura universal. Leia +
Companhia das Letrinhas

Parecia que ele só sabia chover - "E não era chuva, chuvisco, chuvinha./ Era chuva, trovão, trovoada./ Por qualquer coisa, coisinha,/ o menino relampejava". Ágil, divertida, sensível, esta narrativa em versos conta a história de um menino mimado que, quando ouvia um não, produzia verdadeiras tempestades, com raios, trovões e tudo o mais. Leia +
Companhia das Letrinhas

O sociólogo Reginaldo Prandi narra para crianças e adolescentes as histórias de Ifá, o adivinho que em tempos antigos, na África negra, jogava búzios e desvendava o destino das pessoas. Além de propiciar uma leitura extremamente prazerosa, o livro descortina um rico universo cultural que se tornou parte constitutiva da diversidade cultural brasileira. Leia +
Companhia das Letrinhas

Treze histórias recolhidas em todo o Brasil, protagonizadas por figuras como a mula-sem-cabeça, o lobisomem, a cuca, o mão-pelada, o minhocão e a carnaubeira. Segundo a belíssima lenda que dá título ao livro, originária da tradição indígena do Mato Grosso, as estrelas são lágrimas de indiozinhos que comeram a comida dos guerreiros. Leia +
Companhia das Letrinhas

Através de desenhos, sem palavras, Rui de Oliveira reconta três histórias bem conhecidas - "João e Maria", "Chapeuzinho Vermelho" e "O Barba-Azul" -, mas seguindo versões antigas, recuperando elementos narrativos que, ainda não destituídos de certa brutalidade, surpreendem a sensibilidade dos leitores de hoje. Leia +
Fechar
Escolha um vendedor

Assine a newsletter da Companhia