Livro acessível
0
Carrinho
13 resultados
Companhia de Bolso
RILKE SHAKE (2021)

Reedição do livro de estreia da autora de Um útero é do tamanho de um punho. Leia +
Companhia de Bolso
Vários autores

Reedição da mais importante antologia de poesia brasileira da década de 1970, que completa 45 anos. Leia +
Companhia de Bolso

Publicado em 1940, Sentimento do mundo é a obra em que o poeta mineiro traz um olhar cuidadoso para temáticas políticas e sociais de seu tempo. Afinal, durante sua elaboração o Brasil vivia o Estado Novo de Getúlio Vargas e a Europa observava a assustadora ascensão nazista. Leia +
Companhia de Bolso

O homem e sua hora foi o único livro publicado em vida pelo jornalista e poeta Mário Faustino (1930-1962), fundador da Poesia-Experiência. Este volume reúne também os "fragmentos poéticos" (1960-61), e poemas esparsos e inéditos, estabelecidos a partir dos originais guardados pelo filósofo Benedito Nunes, que assina a apresentação do livro. Leia +
Companhia de Bolso

Esta antologia é mostra da habilidade poética de Vinicius de Moraes, que soube, entre outras coisas, atualizar o erudito e conceder tratamento culto a temas populares. É um mestre no manejo inteligente e inventivo dos metros e das formas do poema. Leia +
Companhia de Bolso

O autor de "Tabacaria" e "Opiário" foi o heterônimo de Fernando Pessoa que cantou o fascínio pela velocidade e encarnou a crise existencial do homem moderno. Poesia reúne sua produção completa e foi organizado segundo as indicações do próprio Pessoa, que previu um livro só com os poemas de Campos. Leia +
Companhia de Bolso

Este livro traz os poemas de Ricardo Reis, o mais clássico dos heterônimos de Fernando Pessoa. Refletindo um espírito rigoroso, defensor do autodomínio e da ausência de desejos como receita de sabedoria, as odes de Reis buscam recuperar a influência das civilizações grega e romana na poesia do século XX. Leia +
Companhia de Bolso

Um panorama essencial do amor jovem - Dante e Beatriz, Romeu e Julieta, os trocadilhos da senhora Malaprop e os versos eróticos de Goethe - vertido ao português coloquial. Leia +
Companhia de Bolso

Na poesia brasileira do século XX, poucos manejaram tão bem a forma soneto como Vinicius. A leitura deste livro provoca dois tipos de prazer: o que vem da perfeição da forma, exercitada com elegância, e o que se produz na sua ultrapassagem, momento em que a forma é mero condutor para o enobrecimento da realidade. Leia +
Companhia de Bolso

A história de Fanfarrão Minésio, governador do Chile, narrada por um certo Critilo, que da então colônia escreve ao amigo Doroteu, na Espanha. São treze "cartas" em versos que, simulando falar de estrangeiros, fazem uma mordaz sátira política das Minas Gerais do fim do século XVIII. Leia +
Companhia de Bolso
Vários autores

O erotismo na poesia ocidental, desde autores da Antigüidade até contemporâneos como Neruda, passando por Ovídio, Aretino, Rousseau, Goethe, Whitman, Baudelaire, Verlaine, Rimbaud e D.H. Lawrence, e ainda poemas que integram coleções como a Antologia Grega, a Priapéia, os Carmina Burana ou textos do folclore da Calábria. Leia +
Companhia de Bolso

De todos os heterônimos criados por Fernando Pessoa, Alberto Caeiro talvez seja o que corresponda a um esforço de arquitetura mais bem-sucedido. Reunida neste livro, sua poesia divide-se em três partes: O guardador de rebanhos, O pastor amoroso e Poemas inconjuntos. Leia +
Companhia de Bolso

Organizada pelo poeta e filósofo Antonio Cicero e pelo poeta e professor de literatura Eucanaã Ferraz, esta antologia reagrupa a obra de Vinicius segundo um parâmetro crítico que revê idéias consolidadas sobre a poesia do autor. Os organizadores confrontaram diferentes versões e resgataram poemas "esquecidos" para traçar um rico painel da obra de Vinicius de Moraes. Leia +
Fechar
Escolha um vendedor

Assine a newsletter da Companhia