Livro acessível
0
Carrinho
23 resultados
Companhia de Bolso

Em 1954, o editor italiano Einaudi decidiu publicar uma antologia de fábulas italianas que pudesse ser comparada às coletâneas francesa e alemã de Perrault e dos irmãos Grimm. Encomendou a tarefa de escolher e transcrever os contos a um escritor jovem, mas de grande reputação: Italo Calvino. Leia +
Companhia de Bolso

Primeiro livro inédito publicado pela Companhia de Bolso, Adeus, Columbus é o livro de estréia de Philip Roth. Foi com essa coletânea de ficções curtas que o hoje consagrado escritor norte-americano surgiu no cenário da literatura mundial. Leia +
Companhia de Bolso

Um relato original sobre dez das maiores conquistas da medicina ao longo dos séculos. Além de contar a história dos homens responsáveis por essas descobertas, os autores descrevem o meio em que elas se deram e analisam seu impacto na humanidade, ligando, assim, o passado e o futuro da medicina. Leia +
Companhia de Bolso

Um panorama essencial do amor jovem - Dante e Beatriz, Romeu e Julieta, os trocadilhos da senhora Malaprop e os versos eróticos de Goethe - vertido ao português coloquial. Leia +
Companhia de Bolso

Clássico da ensaística sobre homens e ideias que forjaram o mundo contemporâneo. Wilson amplia o estudo da revolução soviética revelando uma trama em que personagens históricas - suas vidas, suas idéias e suas práticas - compõem um todo complexo e contraditório. Leia +
Companhia de Bolso

Na poesia brasileira do século XX, poucos manejaram tão bem a forma soneto como Vinicius. A leitura deste livro provoca dois tipos de prazer: o que vem da perfeição da forma, exercitada com elegância, e o que se produz na sua ultrapassagem, momento em que a forma é mero condutor para o enobrecimento da realidade. Leia +
Companhia de Bolso

A partir do exame de casos clínicos extraordinários, como o de um pintor que passa a enxergar em preto-e-branco em razão de um acidente ou o do rapaz que só consegue se lembrar dos anos 60, o neurologista elabora uma fascinante teoria da inteligência. Leia +
Companhia de Bolso

Numa sexta-feira 13, em 1963, sete pessoas morrem em Antares. Mas os coveiros estão em greve, e os defuntos, insepultos, vagam pela cidade vasculhando a intimidade de parentes e amigos. Em sua condição de fantasmas, podem denunciar à vontade os segredos dos mandantes locais. Leia +
Companhia de Bolso

História abrangente e sintética do mundo islâmico, do século VII à atualidade. Hourani, durante décadas professor em Oxford, introduz o leitor numa cultura de extraordinária riqueza, além de mostrar as raízes da explosiva situação do Oriente Médio. Leia +
Companhia de Bolso

A história de um dos mais terríveis genocídios do século XX, só comparável ao Holocausto dos judeus sob o nazismo: o massacre dos tutsis, em Ruanda, em 1994. Mescla de testemunho e reflexão sobre o episódio, o livro mostra como, ainda hoje, a distância entre civilização e barbárie pode ser curta. Leia +
Companhia de Bolso

A história de Fanfarrão Minésio, governador do Chile, narrada por um certo Critilo, que da então colônia escreve ao amigo Doroteu, na Espanha. São treze "cartas" em versos que, simulando falar de estrangeiros, fazem uma mordaz sátira política das Minas Gerais do fim do século XVIII. Leia +
Companhia de Bolso

Dos costumes ancestrais às violentas mudanças provocadas pela instauração do comunismo, Chang refaz a história de três gerações de mulheres de uma família que tenta preservar sua humanidade em meio à vertigem e ao horror da trajetória da China no século XX. Leia +
Companhia de Bolso
NOVE NOITES (2006)

Em 1939, o antropólogo americano Buell Quain se matou, aos 27 anos, ao tentar voltar para a civilização, vindo de uma aldeia indígena no interior do Brasil. Sessenta e dois anos depois, ao descobrir o episódio por acaso, o narrador de Nove noites começa uma investigação obsessiva para elucidar o suicídio e acertar contas com a própria história. Leia +
Companhia de Bolso

Alguns dos problemas mais complexos da Física contemporânea explicados, sem complicadas fórmulas matemáticas nem tecnicismos herméticos, numa breve história das grandes indagações da humanidade. Leia +
Companhia de Bolso

Elucidação de estados psíquicos e devaneios sobre paixão, moral e conhecimento, entre outros temas, absorvem o narrador Bernardo Soares nestas centenas de fragmentos. Seu tom é o de uma intimidade que nunca encontrará repouso. Leia +
Companhia de Bolso

Preocupado com o vírus do analfabetismo científico, que faz com que hoje muitos acreditem em explicações místicas e superstições, Carl Sagan faz uma defesa apaixonada da ciência, com humor e clareza. Leia +
Companhia de Bolso

A maior tragédia já ocorrida no teto do mundo, contada por um de seus sobreviventes: "Por que os veteranos guias do Himalaia continuaram subindo e conduzindo um bando de amadores relativamente inexperientes rumo a uma evidente armadilha mortal?". Leia +
Companhia de Bolso
DOIS IRMÃOS (2006)

Neste romance de intensa dramaticidade, Milton Hatoum narra a história de dois irmãos gêmeos - Yaqub e Omar - e suas relações com a mãe, o pai, a irmã e, de outro lado, com a empregada da família e seu filho, um menino cuja infância é moldada justamente por esta condição: ser o filho da empregada. Leia +
Companhia de Bolso

Narrando a vida de um obscuro herege do século XVI, Ginzburg escreve uma história envolvente sobre a cultura popular e erudita na época da Inquisição, quando cosmogonias como as formuladas pelo moleiro Menocchio eram motivo de condenação religiosa e moral. Leia +
Companhia de Bolso

A península Ibérica se desgarra da Europa e, à medida que navega à deriva pelo Atlântico, vai recriando a própria identidade. Narrativa de corte surrealista, belíssima parábola sobre o isolamento dos povos ibéricos em relação a seus irmãos europeus ao longo dos séculos. Leia +
Companhia de Bolso

Por que o homem luta contra o homem? Em que o guerreiro ianomâmi difere do bárbaro de Átila ou do soldado da Segunda Guerra? Um estudo magistral da alma humana vista pela lente da história militar. Leia +
Companhia de Bolso
Vários autores

O erotismo na poesia ocidental, desde autores da Antigüidade até contemporâneos como Neruda, passando por Ovídio, Aretino, Rousseau, Goethe, Whitman, Baudelaire, Verlaine, Rimbaud e D.H. Lawrence, e ainda poemas que integram coleções como a Antologia Grega, a Priapéia, os Carmina Burana ou textos do folclore da Calábria. Leia +
Companhia de Bolso
CHE GUEVARA (2006)
a vida em vermelho

A vida do revolucionário refeita por um intelectual rigoroso e insuspeito. Dados e depoimentos inéditos lançam novas luzes sobre uma existência particularmente atribulada. Leia +
Fechar
Escolha um vendedor

Assine a newsletter da Companhia