Livro acessível
0
Carrinho
20 resultados
Companhia de Bolso

Obra que examina a influência de idéias apocalípticas no pensamento científico desde os pré-socráticos até a astrofísica moderna. Discute também as teorias científicas mais atuais sobre o início e o fim do universo sob um enfoque multidisciplinar que explora as relações entre ciência e religião. Leia +
Companhia de Bolso
A LUTA (2011)

Zaire, 1974: Muhammad Ali desafia George Foreman. Neste relato magistral sobre a maior luta de boxe do século, Mailer põe o leitor na pele do boxeador e o faz pensar e sentir como se estivesse no ringue. É como se ninguém conhecesse o resultado da luta. Leia +
Companhia de Bolso

Ensaios políticos e literários do ganhador do Nobel de Literatura de 1981. Um dos grandes pensadores europeus do século XX, Canetti reúne aqui textos sobre Confúcio, Tolstói, Kafka e Hitler, além fazer um retrato da tragédia de Hiroxima através do diário de um sobrevivente. Leia +
Companhia de Bolso

As memórias de Oliver Sacks estão impregnadas de ouro, cobre, ferro, estanho, tungstênio. Segundo o neurologista, o comportamento misterioso dos metais o conduziu à prática científica. Com uma escrita envolvente, em que ciência e poesia se aproximam, o autor relembra a infância enquanto narra uma fascinante história da química. Leia +
Companhia de Bolso

Depois do clássico Orientalismo, Edward Said escreveu esta obra em que discute a influência dos pressupostos imperialistas na política e na cultura ocidentais, desde os grandes romances do século XIX até a cobertura jornalística da Guerra do Golfo. Leia +
Companhia de Bolso

Primeiro romance de John Cheever, A crônica dos Wapshot é o retrato de uma família tradicional e decadente da Nova Inglaterra, cenário dileto das narrativas ácidas e minimalistas do autor, um dos maiores contistas americanos do século XX. Leia +
Companhia de Bolso

Recuperando aspectos da experiência dos escravos na Corte, estudando seu modo de vida, Chalhoub mostra como as lutas em torno de diferentes visões de liberdade e cativeiro contribuíram para o processo que culminou com o fim da escravidão. Leia +
Companhia de Bolso
A LENTIDÃO (2011)

Nesta que é sua primeira narrativa escrita em francês, Milan Kundera, autor de A insustentável leveza do ser, também publicado no Brasil pela Companhia das Letras, volta a investigar os limites do romance, mesclando ficção e especulação metafísica, a exemplo de mestres da Ilustração como Voltaire e Diderot. Leia +
Companhia de Bolso

Este livro reconstitui a história de Muhammad Ali, o maior lutador de boxe de todos os tempos. Recusando-se a assumir qualquer papel exemplar, Ali ajudou a transformar a política racial, a cultura popular e a noção de heroísmo dos norte-americanos, num tempo em que a vida se constituía numa série de enfrentamentos, dentro e fora do ringue. Leia +
Companhia de Bolso

Vista como ser perverso, a mulher, na Idade Média, era criada para se submeter ao homem no casamento, para o qual se via encaminhada desde cedo. Estes ensaios do grande medievalista discutem a posição social das mulheres e as transformações do sentimento amoroso naquele período. Leia +
Companhia de Bolso

Nesta instigante análise da contribuição dos animais, das plantas e das doenças para o sucesso da colonização europeia nas zonas temperadas do Novo Mundo, o professor Alfred W. Crosby narra uma história bastante conhecida de uma perspectiva inovadora. Leia +
Companhia de Bolso

A história da tomada de Lisboa aos mouros no ano de 1147 e a crônica de um inesperado encontro amoroso na Lisboa do fim dos anos 1980: duas narrativas, tecidas e entretecidas de maneira brilhante, que exploram as possibilidades do romance como meio de recriar o passado e o presente. Leitura obrigatória do vestibular da Unicamp. Leia +
Companhia de Bolso

Eleito como um dos cem melhores livros de temática judaica escritos nos últimos duzentos anos, este premiado romance narra a história de uma família judia no interior do Rio Grande do Sul na qual nasce um centauro - um ser metade homem, metade cavalo. Leia +
Companhia de Bolso
a transparência e o obstáculo

Estudo brilhante sobre um dos grandes clássicos da filosofia. Starobinski investiga a amarga reflexão de um Rousseau obrigado a se defrontar com a perda de um mundo regido pela transparência e condenado a viver num mundo mediado pela propriedade e pelas instituições. Leia +
Companhia de Bolso

Herdeiro dos grandes fabuladores do Oriente, Salman Rushdie mistura com elegância e humor os temas da tradição, seja ela islâmica, hindu ou cristã, às informações da cultura de massas. Leia +
Companhia de Bolso

A clássica reportagem de Janet Malcolm sobre a ética jornalística inaugura a série Jornalismo Literário de Bolso, mais econômica. Posfácio de Otavio Frias Filho. Leia +
Companhia de Bolso

Na definição do autor, "o tema deste livro são as negociações luso-neerlandesas que tiveram lugar de 1641 a 1669 e que habilitaram Portugal a recriar pela diplomacia o monólito brasileiro, rachado durante o quarto de século de presença estrangeira no Nordeste. Pode-se dizer que essas negociações embutiram a primeira crise internacional da história do Brasil". Leia +
Companhia de Bolso

A impagável alegoria de um visconde que, em guerra, é dividido ao meio por uma bala de canhão. As duas metades - uma, malvada ao extremo; a outra, boa até o fastio - voltam a seus domínios para atormentar os súditos. Leia +
Companhia de Bolso
JERUSALÉM (2011)

Karen Armstrong narra a história de Jerusalém e mostra que a Cidade Santa, revestida de uma aura mítica por judeus, cristãos e muçulmanos, desafia a busca de uma solução racional para os conflitos que marcam a região. Leia +
Companhia de Bolso

Examinando os reflexos do modo de vida rural e urbano na literatura inglesa do século XVI até o fim do século passado - e contrastando-os com as mudanças que efetivamente ocorreram na sociedade -, O campo e a cidade é considerado a obra-prima de Raymond Williams, um dos mais finos e respeitados críticos literários ingleses do século XX. Leia +
Fechar
Escolha um vendedor

Assine a newsletter da Companhia