Companhia das Letras
EXTINÇÃO
Thomas Bernhard


Livro vencedor do prêmio Jabuti 2001 / Categoria: Capa
#EXTINCAO
A idéia, a necessidade ou o desejo de autodestruição estão no centro da obra de Bernhard. Em Extinção, este centro parece avançar até a borda e restar como verdade última da existência e da linguagem.
Apresentação
Franz-Josef Murau é a ovelha negra de uma família de latifundiários austríacos: sua repulsa pela Áustria o levou a auto-exilar-se em Roma. Quando um telegrama lhe comunica a morte dos pais e do irmão, é obrigado a regressar imediatamente à terra natal, Wolfsegg. Estivera ali dias antes, para o casamento da irmã. Reduto católico e nacional-socialista, Wolfsegg espelha a infâmia austríaca: é a fonte do sustento e da ruína moral de Franz-Josef, seu novo proprietário.
Neste livro em que tudo se repete, a viagem desencadeia a ação, isto é, desencadeia um fluxo de pensamentos e reminiscências que se torna mais cerrado a cada página, mais obstinado, mais compulsivo. Murau tem de repetir a viagem recém-concluída, participar de rituais fúnebres que se repetem há séculos, repetir em palavras, extensivamente, a torrente de suas memórias. Esta será a forma de apagar qualquer vestígio que o prenda à origem execrada: "Estou de fato retalhando e dissecando Wolfsegg e os meus, aniquilando-os, extinguindo-os, e retalho e disseco dessa forma a mim mesmo, disseco-me, aniquilo-me, extingo-me".
Poucos escapam da virulência de Murau, cuja desmedida chega a torná-lo burlesco, a dar à sua voz um tom caricato. A catilinária a que ele se entrega equivale a renunciar incondicionalmente a si mesmo e ao mundo - e nesse processo idéia e forma lingüística confluem com virtuosismo. Casando com maestria fábula e concepção lingüística, Thomas Bernhard empresta a Murau um falso coloquialismo que se apóia numa sintaxe circular altamente elaborada, num amálgama de discurso direto e indireto que faz a voz de Murau ecoar todas as vozes que abomina.
A idéia, a necessidade ou o desejo de autodestruição estão no centro da obra de Bernhard. Em Extinção, romance repleto de alusões a livros anteriores do autor e que é também o título do testemunho escrito de Murau, este centro parece avançar até a borda e restar como verdade última da existência e da linguagem.

Prêmio Jabuti 2001 de Melhor Capa
Ficha Técnica
Título original: AUSLOSCHUNG
Tradução: José Marcos Mariani de Macedo
Capa: Victor Burton
Páginas: 480
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Peso: 0.580 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 29/03/2000
ISBN: 9788571649842
Selo: Companhia das Letras
Prêmios
Livro vencedor do prêmio Jabuti 2001 / Categoria: Capa
Autor
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A.
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone.: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Todos os direitos reservados 2017