#ZOOZOADO
Quando olhamos para o mundo, sempre vemos uma porção de coisas. Mas os poetas veem coisas que a gente não vê. É o caso de Fabrício Corsaletti, que com suas histórias rimadas mostra como os bichos podem nos revelar aspectos engraçados e imprevisíveis da vida.
Apresentação
A maioria dos bichos faz barulho. E imitar o som de cada um deles é, aliás, uma das primeiras brincadeiras dos bebês.
Zoar significa fazer MUITO barulho, e é exatamente isso que fazem os trinta bichos que moram neste zoológico, o segundo publicado por Fabrício Corsaletti.
Aqui, a boa poesia e o humor inteligente se mantêm, mas são agora acompanhados das ilustrações de Eloar Guazzelli, que não hesita em trazer ainda mais irreverência para essa brincadeira de bicho.
Para ouvir mais, os leitores terão de aguçar os ouvidos e escutar o que os poemas deste livro sussurram para cada um...


a sorte da tartaruga:
duzentos anos até
surgir a primeira ruga

caranguejo é maior
mas não tem pernas de remo
siri, no mar, é supremo

nem mesmo a lesma
tem nojo
de si mesma
Ficha Técnica
Título original: ZOO ZOADO
Páginas: 48
Formato: 15.50 x 22.50 cm
Peso: 0.149 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 13/06/2014
ISBN: 9788574066264
Selo: Companhia das Letrinhas
Autor
Faça seu cadastro na Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A.
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone.: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Todos os direitos reservados 2017