Títulos / Companhia das Letras / CRÔNICA DE UM VENDEDOR DE SANGUE
Companhia das Letras
CRÔNICA DE UM VENDEDOR DE SANGUE
#CRONICADEUMVENDEDORDESANGUE
Na China recém-convertida ao comunismo, o operário Xu Sanguan se vê obrigado a vender o próprio sangue para sustentar a família e reafirmar a legitimidade dos laços que mantém com o enteado. Com este romance, Yu Hua se confirmou como um dos maiores escritores chineses contemporâneos.
Apresentação
Quando Xu Sanguan, um operário de uma fábrica de seda, encontra-se em alguma dificuldade financeira séria, ele corre até o hospital da província para vender alguns mililitros de sangue. O procedimento é potencialmente letal, uma vez que é feito sem qualquer medida higiênica, mas isso não o afasta da sala do Chefe do Sangue Li, o homem responsável pela triagem que define quem pode ou não participar do negócio.
Arbitrariedade, falta de higiene e corrupção fazem parte da história desses personagens. Trabalhando o tempo todo com a tensão entre a realidade material do sangue e sua dimensão simbólica - os laços de parentesco -, o romance aborda a incômoda tragédia real que assola a China desde a segunda metade do século passado, quando se iniciou o comércio desregrado de sangue no país, infectando milhares de camponeses com o vírus da aids.
Autor de maior alcance dentro e fora da China contemporânea, Hua tornou-se um fenômeno literário após abraçar um estilo claro e realista, que fez dele um autor a um só tempo popular e benquisto pela crítica.
Ficha Técnica
Título original: CHRONICLE OF A BLOOD MERCHANT
Tradução: Donaldson M. Garschagen
Capa: Mayumi Okuyama
Páginas: 272
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Peso: 0.339 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 14/12/2011
ISBN: 9788535920000
Selo: Companhia das Letras
Autor
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A.
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone.: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Todos os direitos reservados 2017