Livro acessível
0
Carrinho
Autor / Vinicius de Moraes
VINICIUS DE MORAES
VINICIUS DE MORAES nasceu em 1913, no Rio de Janeiro. Consagrado como um dos principais poetas de língua portuguesa, foi também cronista, crítico de cinema, dramaturgo, compositor e diplomata. Com Tom Jobim, deu início a uma intensa e brilhante parceria, que se firmaria como a dupla precursora da bossa nova. Ao lado de uma vasta lista de amigos e músicos, Vinicius deixou sua marca incontornável no cancioneiro popular brasileiro. Morreu aos 66 anos, em 1980, no Rio. AVISE-ME SOBRE NOVOS LIVROS DESTE AUTOR


#ViniciusdeMoraes
Catálogo
Companhia das Letras
Um retrato em 150 frases

Uma coletânea de frases que compõem a personalidade singular e irresistível de um dos principais nomes da poesia e do cancioneiro brasileiro. Leia +
Companhia das Letras

Nova edição, ilustrada e em capa dura, de um clássico da poesia brasileira. Leia +
Promoção loboseursos
Companhia das Letrinhas
A CASA (2020)

O poema "A casa", do clássico para crianças A Arca de Noé, em formato especial para os leitores da primeira infância. Leia +
Companhia das Letras

Organizado a partir das indicações do autor, este livro inacabado é uma declaração de amor ao Rio de Janeiro. Leia +
Companhia das Letras
TODO AMOR (2017)

Ao passear por cartas, letras de música, poemas e crônicas, o livro mostra as muitas facetas do poeta em sua lavra romântica. Leia +
Companhia das Letras

Uma breve seleção de poemas de amor do poeta Vinicius de Moraes para encerrar bem o ano. Leia +
Companhia das Letras

Publicado nos anos 1990, o volume com artigos e crônicas sobre cinema escritos por Vinicius de Moraes ganha uma reedição caprichada - que inclui textos inéditos em livro, garimpados no acervo do autor. Leia +
Companhia das Letras

Todas as canções que Vinicius compôs - sozinho ou com seus "parceirinhos", como dizia o poeta. Beleza e lirismo que não morrem jamais. Leia +
Companhia das Letras

Escritor atento aos acontecimentos que moldaram o século XX, Vinicius de Moraes escreveu poemas sobre eventos, cidades, outros amigos escritores e até mesmo sobre futebol. Nos poemas reunidos especialmente para esta edição digital, aparece o Vinicius que observa as cidades, rememora os afetos, expõe sua admiração por outros autores. Leia +
Companhia das Letras

Nesta seleção de suas crônicas, Vinicius aparece por inteiro. A infância, suas memórias de um Rio de Janeiro bucólico e quase interiorano, a observação da passagem do tempo, a paixão pelos livros e pela língua portuguesa, o amor pelas mulheres e a contemplação - sempre leve, esperta, atilada - da vida cotidiana. Leia +
Boa Companhia

A infância e as memórias do Rio de Janeiro reunidas nesta seleção de crônicas de Vinicius de Moraes mostram uma faceta menos conhecida do poeta mas igualmente sedutora. Leia +
Companhia das Letras

Uma obra ilustrada e repleta de receitas e memórias afetivas do poeta cujo centenário é comemorado este ano. Leia +
Companhia de Bolso

Uma releitura - ao ritmo de samba - de uma das grandes histórias da mitologia grega. Orfeu da Conceição inaugurou a parceria musical entre Vinicius de Moraes e Antonio Carlos Jobim. Leia +
Companhia das Letras
JAZZ & CO. (2013)

O testemunho delicioso do primeiro encontro - que se mostraria essencial - entre o poeta e futuro compositor popular com o ritmo americano que definiu a música do nosso tempo. Leia +
Companhia das Letras

Reunindo poemas escritos entre 1949 e 1956, Novos Poemas (II) apresenta poemas vibrantes e com o olhar do poeta atento ao cotidiano. Leia +
Companhia das Letras

Novos poemas e Cinco elegias formam um conjunto de grande força e beleza. Mas não é apenas isso: é também um marco de experimentação poética. Esta edição traz um caderno de fotos e resenha de Mário de Andrade. Leia +
Companhia das Letras

Nesta reunião de poemas do jovem Vinicius, o leitor encontrará uma faceta menos conhecida do grande poeta, mas sempre com a mesma inquietação e um forte desejo de fazer da poesia um instrumento de compreensão de tudo que estivesse fora do circuito das coisas comuns. Leia +
Seguinte

Doze poemas e crônicas de Vinicius de Moraes, alguns inéditos, sobre sua infância e temas afins. Lembranças dos tempos de menino, e reflexões repletas da astúcia e sensibilidade que somente as crianças - e os poetas - são capazes de elaborar. Leia +
Companhia de Bolso

Esta antologia é mostra da habilidade poética de Vinicius de Moraes, que soube, entre outras coisas, atualizar o erudito e conceder tratamento culto a temas populares. É um mestre no manejo inteligente e inventivo dos metros e das formas do poema. Leia +
Companhia das Letras

Dando seqüência à reedição completa da obra de Vinicius de Moraes, este volume traz poemas inéditos e póstumos, além de posfácio, textos históricos sobre o autor e caderno de imagens. Organização do poeta Eucanaã Ferraz. Leia +
Companhia das Letras

Primeiro livro de Vinicius de Moraes, publicado quando o poeta tinha apenas dezenove anos, O caminho para a distância surpreendeu crítica e público com seus dramas místicos e existenciais. Leia +
Companhia das Letras

Este volume reúne dois altos momentos da obra de Vinicius de Moraes. Poemas, sonetos e baladas, publicado em São Paulo em 1946, é provavelmente o mais importante e o mais belo livro do poeta. Acrescentou-se a Poemas, sonetos e baladas um único poema, o emocionante Pátria minha, que apareceu como um pequeno livro, em 1949, numa edição limitada. Leia +
Companhia das Letras

Esta pequena e rara coletânea de poemas é uma homenagem de Vinicius, "com muito amor e muita dor", ao amigo Neruda, escrita dias depois de sua morte, em 1973, e agora publicada pela primeira vez em edição comercial. Apresentação de Ferreira Gullar e xilogravuras de Calasans Neto. Leia +
Companhia de Bolso

Na poesia brasileira do século XX, poucos manejaram tão bem a forma soneto como Vinicius. A leitura deste livro provoca dois tipos de prazer: o que vem da perfeição da forma, exercitada com elegância, e o que se produz na sua ultrapassagem, momento em que a forma é mero condutor para o enobrecimento da realidade. Leia +
Companhia de Bolso

Organizada pelo poeta e filósofo Antonio Cicero e pelo poeta e professor de literatura Eucanaã Ferraz, esta antologia reagrupa a obra de Vinicius segundo um parâmetro crítico que revê idéias consolidadas sobre a poesia do autor. Os organizadores confrontaram diferentes versões e resgataram poemas "esquecidos" para traçar um rico painel da obra de Vinicius de Moraes. Leia +
Companhia das Letrinhas

Os poemas infantis de Vinicius de Moraes são declamados de cor por crianças e adultos graças às deliciosas versões musicais de A arca de Noé. As composições de Vinicius que conquistaram as crianças brasileiras compõem esta edição em grande formato, com ilustrações do premiado Nelson Cruz. Leia +
Companhia das Letrinhas

Nesse livro-disco divertido e emocionante, Adriana Calcanhotto interpreta a canção "O poeta aprendiz", de Vinicius de Moraes e Toquinho, e ilustra o poema. O disco que acompanha a edição traz também o próprio Vinicius lendo o poema e uma faixa caraoquê (apenas com a música) para que o ouvinte possa experimentar o prazer de interpretar a canção. Leia +
Companhia das Letras

Esta Nova antologia poética vem assinada pelos poetas Antonio Cicero e Eucanaã Ferraz, e foi lançada originalmente em 2003. Os organizadores reviram conceitos, refizeram a estrutura e montaram uma seleção criteriosa, lançando um olhar renovado sobre a obra viniciana. Leia +
Encontrados 40 livros deste autor.


Assine a newsletter da Companhia