Livro acessível
0
Carrinho
Autor / Friedrich Nietzsche
FRIEDRICH NIETZSCHE
FRIEDRICH NIETZSCHE nasceu em Roecken, Alemanha, em 1844. Foi professor de filologia clássica na Universidade da Basileia, Suíça. Além de O nascimento da tragédia, escreveu treze obras de ensaios e aforismos. Morreu em 1900, deixando milhares de páginas de anotações, publicadas postumamente.


#FriedrichNietzsche
Catálogo
Companhia de Bolso
ou Os gregos e o pessimismo

Primeiro livro de um dos maiores filósofos do século XIX, O nascimento da tragédia despertou polêmica pela ousadia da abordagem e pela militância estética em favor de Wagner, mas se tornou uma das obras mais influentes do século XX. A Companhia das Letras o lança agora numa nova tradução, assinada por Paulo César de Souza. Leia +
Companhia de Bolso
Um livro para todos e para ninguém

O mais famoso livro de Nietzsche conta relato das andanças, dos discursos e encontros inusitados do profeta Zaratustra, que deixa seu esconderijo nas montanhas para pregar aos homens um novo evangelho. Leia +
Companhia de Bolso

Síntese e introdução a todo o seu trabalho, a penúltima obra de Nietzsche é relançada em edição de bolso. Leia +
Companhia de Bolso

O pensamento multifacetado de um dos grandes mestres da filosofia reunido em 758 aforismos traduzidos por Paulo César de Souza. Leia +
Companhia de Bolso

Esses dois livros (editados aqui num só volume) estão entre as obras mais críticas, ambiciosas e atraentes de Nietzsche, que analisa questões ainda hoje candentes no debate sobre arte e modernidade. Leia +
Companhia de Bolso
AURORA (2016)

Aurora (1881) faz uma crítica à moral cristã e suas ilusões. Ao lado de A gaia ciência, é o livro que Nietzsche considerava mais pessoal e pelo qual tinha mais simpatia. A edição inclui o prólogo acrescentado em 1886 e o grupo de poemas "Idílios de Messina". Leia +
Companhia de Bolso

O filósofo alemão reinterpreta o cristianismo inicial, distinguindo entre o que teria sido Jesus de Nazaré e a interpretação que o apóstolo Paulo fez, algum tempo depois, da figura e dos ensinamentos de Jesus. Leia +
Penguin Companhia

Reunião de breves textos filosóficos de Nietzsche - os chamados aforismos - concentra reflexões sobre dois temas caros ao mais polêmico pensador do século XIX: o amor e a morte. Leia +
Companhia de Bolso

Um dos mais belos e mais importantes livros de Nietzsche, A gaia ciência reúne 383 textos sobre arte, moral, história e teoria do conhecimento, além de muitos poemas (apresentados aqui também no idioma original). Nele aparece a figura de Zaratustra e as famosas teses da "morte de Deus" e do "eterno retorno". Leia +
Companhia de Bolso

Interpretando a evolução da ética como uma história da crueldade, Nietzsche critica as mais caras ideologias ocidentais - a compaixão, a igualdade, a crença na verdade - e expõe algumas de suas teses mais controversas. Leia +
Companhia das Letras

A mais ampla reunião de aforismos do pensador alemão Friedrich Nietzsche. Leia +
Companhia de Bolso
ECCE HOMO (2008)

Ao completar 44 anos, Nietzsche decidiu fazer um balanço de sua vida. Escreveu então este livro em que fala apaixonadamente de suas influências, de sua paixão, de como surgiram suas obras, de seu modo de vida, de seus objetivos. Faz, assim, uma original e desconcertante introdução a si mesmo. Leia +
Companhia de Bolso

Publicado em 1872, foi o primeiro livro do autor. Causou espanto na época pelo caráter pessoal do texto e pela ousadia da pretensão: contestar a visão clássica dos gregos como povo "sereno e simples" e alçar a obra de Wagner à condição de "renovadora do espírito alemão". Leia +
Companhia das Letras

O Anticristo é o décimo volume da coleção de obras de Nietzsche da Companhia das Letras. Aqui, o filósofo alemão reinterpreta o cristianismo inicial, distinguindo entre o que teria sido Jesus de Nazaré e a interpretação que o apóstolo Paulo fez, algum tempo depois, da figura e dos ensinamentos de Jesus. Leia +
Companhia das Letras

Nono volume da coleção de obras de Nietzsche, Crepúsculo dos ídolos é ao mesmo tempo introdução e síntese do pensamento filosófico do autor. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de Souza. Leia +
Companhia de Bolso

Substituindo o arrebatamento pela análise serena e racional, em Humano, demasiado humano Nietzsche expande a forma do aforismo e aborda uma enorme quantidade de temas, abrangendo questões de moral, religião, metafísica, política, relações sociais, amor, arte e literatura. Um dos livros mais acessíveis do autor de Assim falou Zaratustra. Leia +
Companhia de Bolso

Nietzsche considerava que este era o seu livro mais importante e mais abrangente. Quase todos os temas de sua filosofia madura estão presentes aqui: o perspectivismo, a vontade de poder e suas ramificações, a crítica da moralidade, a psicologia da religião e a definição de um tipo de homem nobre. Leia +
Companhia das Letras
AURORA (2004)

Oitavo volume da coleção das obras de Nietzsche (que tem coordenação de Paulo César de Souza). Aurora (1881) faz uma crítica à moral cristã e suas ilusões. Ao lado de A gaia ciência, é o livro que Nietzsche considerava mais pessoal e pelo qual tinha mais simpatia. A edição inclui o prólogo acrescentado em 1886 e o grupo de poemas "Idílios de Messina". Leia +
Companhia das Letras

Um dos mais belos e mais importantes livros de Nietzsche , A gaia ciência reúne 383 textos sobre arte, moral, história e teoria do conhecimento, além de muitos poemas (apresentados aqui também no idioma original). Nele aparece a figura de Zaratustra e as famosas teses da "morte de Deus" e do "eterno retorno". Leia +
Companhia das Letras

Substituindo o arrebatamento pela análise serena e racional, em Humano, demasiado humano Nietzsche expande a forma do aforismo e aborda uma enorme quantidade de temas, abrangendo questões de moral, religião, metafísica, política, relações sociais, amor, arte e literatura. Um dos livros mais acessíveis do autor de Assim falou Zaratustra. Leia +
Companhia das Letras

Esses dois livros (editados aqui num só volume) estão entre as obras mais críticas, ambiciosas e atraentes de Nietzsche, que analisa questões ainda hoje candentes no debate sobre arte e modernidade. Leia +
Companhia das Letras

Interpretando a evolução da ética como uma história da crueldade, Nietzsche critica as mais caras ideologias ocidentais - a compaixão, a igualdade, a crença na verdade - e expõe algumas de suas teses mais controversas. Leia +
Companhia das Letras
ECCE HOMO (1995)

Ao completar 44 anos, Nietzsche decidiu fazer um balanço de sua vida. Escreveu então este livro em que fala apaixonadamente de suas influências, de sua paixão, de como surgiram suas obras, de seu modo de vida, de seus objetivos. Faz, assim, uma original e desconcertante introdução a si mesmo. Leia +
Companhia das Letras

Publicado em 1872, foi o primeiro livro do autor. Causou espanto na época pelo caráter pessoal do texto e pela ousadia da pretensão: contestar a visão clássica dos gregos como povo "sereno e simples" e alçar a obra de Wagner à condição de "renovadora do espírito alemão". Leia +
Companhia das Letras

Nietzsche considerava que este era o seu livro mais importante e mais abrangente. Quase todos os temas de sua filosofia madura estão presentes aqui: o perspectivismo, a vontade de poder e suas ramificações, a crítica da moralidade, a psicologia da religião e a definição de um tipo de homem nobre. Leia +


Assine a newsletter da Companhia

Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Editora Schwarcz S.A. - Rio de Janeiro
Praça Floriano, 19, sala 3001
20031-050 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 21 3993-7510
Todos os direitos reservados 2020