Autores / Sérgio Sant'Anna
SÉRGIO SANT'ANNA
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1941. Venceu quatro vezes o prêmio Jabuti, três vezes o APCA e uma vez o prêmio da Biblioteca Nacional. Sua obra foi traduzida para o alemão, o italiano, o francês e o tcheco, além de ter sido adaptada para o cinema.


#SérgioSant'Anna
Títulos
Companhia das Letras
ANJO NOTURNO (2017)
Narrativas
EBOOK R$ 27,90

Ao longo de nove narrativas, Sérgio Sant’Anna desfia sua prosa transgressora ao se debruçar sobre a nostalgia, a morte, o desejo carnal, o amor e a solidão. Leia +
Companhia das Letras
EBOOK R$ 27,90

Contos sobre amor, memória, existência e solidão: um dos trabalhos mais pessoais do premiado escritor Sérgio Sant’Anna. Leia +
Companhia das Letras
EBOOK R$ 29,00

Um grande marco da literatura brasileira em edição revista pelo autor. Leia +
Companhia das Letras
EBOOK R$ 26,50

O antológico livro de um dos maiores autores da literatura brasileira. Leia +
Companhia das Letras
Dois contos e uma novela
EBOOK R$ 19,50

Estas três narrativas compõem uma amostra sintética da voz inconfundível e dos temas recorrentes de Sérgio Sant’Anna, que, com suas experimentações, segue ampliando o horizonte de suas indagações sobre a vida e a arte. Leia +
Companhia das Letras
Narrativas de amor e arte
EBOOK R$ 25,00

Os sete contos que compõem o sexto volume da coleção Amores Expressos narram a viagem improvável de Antônio Fernandes à capital tcheca. A ponte Carlos é o eixo geográfico de aventuras que insistem na ideia de que transcendência, arte e sexo convergem em morte. Leia +
Companhia das Letras
Teatro-ficção
EBOOK R$ 23,00

Num pequeno apartamento de Copacabana, um escritor e uma jornalista se embriagam enquanto analisam apaixonadamente suas vidas e suas ideias, num quadro conciso e contundente em que apontam as dúvidas e os projetos malogrados de uma geração. Leia +
Companhia das Letras

Esta antologia do consagrado contista brasileiro traz clássicos como "O duelo", "O monstro" e "O vôo da madrugada", além de quatro contos inéditos em livro. Mestre em recriar o mundo à sua volta e em reverter as convenções literárias, Sérgio Sant'Anna amplia os contornos e questiona os limites do conto. Leia +
Companhia das Letras

No "romance-teatro" A tragédia brasileira, Sérgio Santa'Anna recria o atropelamento de uma garota de doze anos sob o ponto de vista de várias testemunhas, experimentando assim as diferentes possibilidades estéticas e emocionais do episódio. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Dezesseis contos marcados pela experimentação formal, pela dimensão psicológica do sexo e pela indagação filosófica sobre a existência. Desejo e alucinação conduzem os personagens a zonas sombrias, em que predominam figuras femininas como sedução, volúpia, imaginação, fantasia e morte. Narrativas que defendem uma arte ligada de forma íntima à vida. Leia +
Companhia das Letras

Romance narrado em primeira pessoa por um crítico de arte carioca cinqüentão que se envolve com uma jovem manca e misteriosa, alternando diferentes registros narrativos: trama policial, história de amor e reflexão sobre a arte e a crítica. Prêmio Jabuti 1998. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

O melhor da narrativa breve de um agudo observador do comportamento humano, que sabe como poucos aliar o rigor à paixão incontida, a subjetividade individual à realidade coletiva. Leia +
Companhia das Letras
O MONSTRO (1994)
Três histórias de amor

Histórias que podem ser lidas como fotogramas de um turbulento filme contemporâneo, em que o sexo é figura central. Sant'Anna flerta com gêneros literários diversos e mescla o insólito e o banal, o instinto e a reflexão. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

As palavras e o discurso são protagonistas das três peças que compõem este livro: momentos curtos na vida de homens que se encontram em pequenas ciladas existenciais, embebidos de angústia e inquietude urbana, mas também de humor. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Em A senhorita Simpson - a novela que, junto com seis contos, compõe este volume -, as personagens do livro didático de um curso de inglês em Copacabana misturam-se aos alunos, numa fábula anglo-americana-carioca vertiginosa. Inspirou o filme Bossa Nova, de Bruno Barreto. Leia +
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência