Livro acessível
0
Carrinho
Tradutor / Josely Vianna Baptista
JOSELY VIANNA BAPTISTA
Poeta, tradutora e escritora, nasceu em Curitiba, PR, em 1957. Entre seus livros, estão: Ar (1991), Corpografia (1992), este em colaboração com o artista plástico Francisco Faria, A concha das mil coisas maravilhosas do velho caramujo (2001), que, no ano seguinte, recebeu o VI Prémio Internacional Del Libro Ilustrado Infantil y Juvenil del Gobierno Del México. Em 1996, criou a coleção Cadernos da Ameríndia, dedicada a temas do repertório cultural e textual de etnias indígenas sul-americanas.



#JoselyViannaBaptista
Títulos
Companhia das Letras

Clássico absoluto da literatura em língua espanhola, este volume reúne 75 contos fantásticos de todos os tempos, de mestres do gênero como Edgar Allan Poe, H. G. Wells, Franz Kafka e Julio Cortázar, entre outros. Leia +
Companhia das Letras

Novo romance de Enrique Vila-Matas, e estreia do catalão como autor da Companhia das Letras, Mac e seu contratempo revela um escritor trabalhando no ápice do estilo que desenvolveu: uma mescla entre o romance cômico, a autoficção e a crítica literária, uma literatura marcada pelo que há de mais instigante na produção pós-modernista. Leia +
Companhia das Letras

Um romance irônico sobre as aventuras eróticas, intelectuais e políticas na fervilhante Havana revolucionária, com seus artistas, guerrilheiros, prostitutas e jornalistas. Leia +
Companhia das Letras
ARRECIFE (2014)

Neste romance que mostra como o crime organizado se tornou parte do cotidiano do México, Juan Villoro confirma por que é considerado o principal escritor vivo de seu país. Leia +
Companhia das Letras

A perplexidade metafísica, a memória dos mortos, as imagens cifradas de uma língua do passado - esses e outros temas aparecem nesta antologia que traz o melhor da obra do escritor argentino. Leia +
Companhia das Letras

Trinta anos depois do inexplicado suicídio do escritor argentino Alejandro Bevilacqua, um jornalista tenta recompor a imagem dessa figura secreta e esquecida. Entre o segredo e a mentira, o humor e a angústia, Alberto Manguel revive a atmosfera dos exilados latino-americanos na Europa dos anos 1970. Leia +
Companhia das Letras

Publicados esparsamente em jornais e revistas, esses prólogos apontam para uma forma inovadora de exercício crítico e revelam as escolhas surpreendentes de Borges como leitor. Leia +
Companhia das Letras
Ensaios sobre corvos e escrivaninhas

"Talvez o traço mais característico do mundo humano seja a insanidade. Para um leitor, essa pode ser a razão essencial, quem sabe a única, da literatura: evitar que a loucura do mundo nos domine por completo." - Alberto Manguel. Leia +
Companhia das Letras
POESIA (2009)

Reunião dos últimos sete livros de poesia do autor, em edição bilíngue. Tradução de Josely Vianna Baptista. Leia +
Companhia das Letras

Um percurso por um "mapa alegórico" em que se desenham todas as linhas de força da cultura latino-americana, da imitação servil de modelos europeus à exploração de veios próprios. Leia +
Companhia das Letras

Nesta coletânea traçada com olho crítico, mão sóbria e gosto certeiro, Jorge Luis Borges compilou tudo aquilo que os anos e a arte de ler foram depurando no homem que se vangloriava mais dos livros lidos do que daqueles que havia escrito. Leia +
Companhia das Letras
O FAZEDOR (2008)

Em textos curtos, de grande complexidade e força imaginativa, admiravelmente bem escritos em sua concisão, revela-se a exata imagem do autor, que sempre apreciou os livros que podem ser abertos em qualquer página sem causar decepção. Leia +
Companhia das Letras
DISCUSSÃO (2008)

Publicado originalmente em 1932, Discussão reúne artigos, ensaios e notas sobre literatura, filosofia e cinema em que Borges exercita seu olhar sempre surpreendente e seu modo inusitado de abordar questões espinhosas da metafísica e da estética. Leia +
Companhia das Letras

Primeira poesia reúne, em edição bilíngüe, os três primeiros livros de poesia de Jorge Luis Borges: Fervor de Buenos Aires (1923), Lua defronte (1926) e Caderno San Martín (1929). Leia +
Companhia das Letras

A prosa de Juan Carlos Onetti reflete a dimensão quase trágica de personagens à deriva entre o sonho e o desencanto. Neste volume, que reúne todos os contos dos escritor uruguaio, o leitor confere sua obra severa e implacável, ganhadora do Prêmio Cervantes de 1980. Introdução de Antonio Muñoz Molina. Leia +
Companhia das Letras
O Novo Mundo

A "descoberta" das Américas analisada a partir do confronto entre o imaginário europeu da época e a realidade encontrada no Novo Mundo. Leia +


Assine a newsletter da Companhia

Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Editora Schwarcz S.A. - Rio de Janeiro
Praça Floriano, 19, sala 3001
20031-050 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 21 3993-7510
Todos os direitos reservados 2019