Livro acessível
0
Carrinho
Autor / Ovídio
OVÍDIO
Públio Ovídio Nasão nasceu em Sulmo (Sulmona), na Itália central, em 43 a.C. Enviado a Roma para frequentar escolas de retóricos famosos, percebeu que a sua vocação era a poesia, não a política, e passou a buscar a companhia dos literatos e a tomar gosto pela inteligente e espirituosa sociedade romana, da qual não tardou a ser um dos membros mais destacados. A sua primeira obra publicada foi Amores, uma coletânea de pequenos poemas de amor. Seguiram-se as Heroides, cartas em verso supostamente escritas por esposas abandonadas aos antigos amantes, Ars Amatoria, um manual de instruções sobre o amor, Remedia Amoris e Metamorphoses. Ovídio estava trabalhando em Fasti, um poema acerca do calendário romano, quando, em 8 d.C., o imperador Augusto o deportou para Tomos, à beira do mar Negro, em virtude de um delito desconhecido. Ele continuou escrevendo, particularmente Tristia e Epistulae ex Ponto, e nunca deixou de sentir saudade de Roma. Morreu no exílio em 17 ou 18 d.C.


#Ovídio
Catálogo
Penguin Companhia

Em seus poemas didáticos sobre a arte da sedução, da manutenção do amor, do prazer e da infidelidade, Ovídio aborda temas atuais como o ideal de beleza masculino e feminino, o ciúme, a rotina, as melhores posições sexuais, o aborto e os perigos da bebida. Leia +
Companhia das Letras

Mestre Paes traz ao português dois extremos do grande poeta latino: a elegia erótica de sua primeira obra, Amores, e o lamento solitário das duas últimas, Triste e Pônticas, escritas no desterro, nas quais desponta uma nova subjetividade lírica. Leia +


Assine a newsletter da Companhia

Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Editora Schwarcz S.A. - Rio de Janeiro
Praça Floriano, 19, sala 3001
20031-050 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 21 3993-7510
Todos os direitos reservados 2020