Autor / Pauline Alphen
PAULINE ALPHEN
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1961. Filha de pai francês e mãe alagoana cresceu na França e ainda hoje vive em Paris. É escritora, tradutora e autora de livros infantis. Em 1994 publicou o livro de poemas Aviso aos navegantes (edição artesanal) e participou da coletânea Língua solta (Rosa dos tempos).


#PaulineAlphen
Títulos
Seguinte
A ALIANÇA (2015)
Crônicas de Salicanda vol.3

Os gêmeos Jad e Claris seguem em busca de respostas sobre o passado da humanidade e o sumiço de sua mãe. Após uma temporada na ilha, Claris volta para os Três Vales e inicia uma jornada até o Nomadstério, enquanto Jad continua suas explorações no limbo. Leia +
Seguinte
SEPARADOS (2013)

No final de Os gêmeos, primeiro volume de Crônicas de Salicanda, o mundo seguro onde Claris e Jad haviam crescido se despedaça. Separados pela primeira vez, cada um explorará dimensões paralelas surpreendentes, sem saber se algum dia se encontrarão novamente. Leia +
Cia das Letras
OS GÊMEOS (2012)
Crônicas de Salicanda - Livro I

No século XXIII, em um antigo castelo na floresta, em uma aldeia chamada Salicanda, vivem os gêmeos Jad e Claris. Eles não sabem nada sobre o passado da humanidade nem o motivo do sumiço da mãe e estão em busca de respostas, mas vão ter de enfrentar o perigoso Jogo dos Mil Caminhos para encontrá-las. Primeiro volume de uma trilogia francesa de sucesso. Leia +
Companhia das Letrinhas

"Um pouco como quando [...] ia para a cama de seus pais, no domingo de manhã, e cochilava mais um tanto, aconchegado no perfume da mãe e no cheiro do pai, nos cabelos da mãe e nos braços do pai, sentindo-se totalmente, perfeitamente, definitivamente satisfeito e pleno. Leia +
Companhia das Letrinhas
INDISPONÍVEL

Nascida no Brasil, mas criada na França, Pauline Alphen conta um pouco da própria infância - dividida entre duas culturas - e das relações entre os dois países, num livro divertido e sensível. Combinando memória pessoal e fatos históricos, a autora conta como, desde o descobrimento do Brasil, a França faz parte de nossa história. Leia +
Cia das Letras

De que maneira uma odalisca e um elefante podem ser um par, um casal, um só coração que pulsa desde sempre no ritmo urgente do amor? Pauline Alphen, franco-brasileira, oferece aqui um sentido novíssimo para o enigma da paixão. Leia +


Assine a newsletter da Companhia