Autores / Milan Kundera
MILAN KUNDERA
Nasceu na República Tcheca. Desde 1975, vive na França.


#MilanKundera
Títulos
Companhia das Letras
Ensaios

Uma homenagem à música e à literatura feita por um dos mais aclamados escritores contemporâneos de língua francesa. Leia +
Companhia das Letras

Um clássico da literatura contemporânea relançado em nova edição de capa dura. Leia +
Companhia das Letras

Um clássico da teoria literária escrito por um dos maiores romancistas do mundo. Leia +
Companhia das Letras

Publicado logo depois de A insustentável leveza do ser, em 1990, o sexto romance de Milan Kundera é reeditado no Brasil. Leia +
Companhia de Bolso

Lançado pela Companhia das Letras em 2002, A ignorância volta ao catálogo em edição de bolso. Texto integral. Leia +
Companhia das Letras

Passados mais de dez anos da publicação de seu último romance, Milan Kundera - um dos maiores escritores vivos - volta à ficção com uma trama breve e espirituosa ambientada em Paris nos dias de hoje. Leia +
Companhia das Letras
UM ENCONTRO (2013)

Com astúcia, sensibilidade e elegância, Milan Kundera revela algumas de suas maiores influências musicais, plásticas e literárias em livro de ensaios. Leia +
Companhia de Bolso

Publicado pela primeira vez no Brasil em 2001, este livro de contos de Milan Kundera mostra como o autoengano governa quase todos os aspectos da vida. Leia +
Companhia de Bolso

Lançado na Tchecoslováquia em 1967 e publicado pela primeira vez no Brasil em 1999, o primeiro romance de Milan Kundera ganha edição de bolso. Leia +
Companhia de Bolso

Jaromil cresce na Tchecoslováquia ocupada pelos nazistas. Para o júbilo de sua mãe, manifesta já na infância o dom de criar rimas. O menino pouco conhecerá o pai, que é preso pela Gestapo e morre num campo de concentração. Assim, é a mãe quem vai cuidar para que seja um grande poeta. Leia +
Companhia de Bolso

Nesta que é sua primeira narrativa escrita em francês, Milan Kundera, autor de A insustentável leveza do ser, também publicado no Brasil pela Companhia das Letras, volta a investigar os limites do romance, mesclando ficção e especulação metafísica, a exemplo de mestres da Ilustração como Voltaire e Diderot. Leia +
Companhia de Bolso
INDISPONÍVEL

Em A valsa dos adeuses, um dos mais celebrados romances do tcheco Milan Kundera, autor de A insustentável leveza do ser, um famoso trompetista se envolve com uma enfermeira num balneário cujas águas supostamente curam a infertilidade. É só o início de uma série de relações imprevisíveis e perigosas. Leia +
Companhia de Bolso
INDISPONÍVEL

Primeiro livro de não ficção do autor de A insustentável leveza do ser, e também o primeiro que Kundera escreveu diretamente em francês, A arte do romance é a confissão nascida da experiência prática do romancista. Leia +
Companhia de Bolso

Uma mulher bonita, mas não tão jovem, descobre que os homens já não se viram para olhá-la. A partir dessa experiência tão particular à vida íntima das mulheres, Kundera escreve um romance em que o tema da identidade se desdobra em muitas variantes. Leia +
Companhia de Bolso

Para não esquecer Praga e sua primavera, Milan Kundera escolhe, neste que foi seu primeiro romance escrito na França, o caminho da ironia, da ternura, da emoção, da fantasia, enfim, do romance. Leia +
Companhia de Bolso
INDISPONÍVEL

História de quatro adultos capazes de quase tudo para vivenciar o erotismo que desejam para si. Como limites fortes, encontram um tempo histórico politicamente opressivo e o caráter enigmático da existência humana. Leia +
Companhia das Letras
A CORTINA (2006)
Ensaio em sete partes
INDISPONÍVEL

Em novo ensaio, o autor de A insustentável leveza do ser retorna a um de seus temas preferidos: o que é o romance. Num amplo panorama da literatura ocidental, Milan Kundera propõe aqui uma reflexão das mais originais sobre essa arte e sua contribuição para a investigação da existência humana. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Antigos namorados de adolescência, Josef e Irena passam vinte anos longe de sua terra natal, ele vivendo na Dinamarca, ela em Paris. Os dois decidem retornar a Praga, onde se reencontram por acaso. Reviver a relação de amor significa refazer todo o percurso da separação. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Sete contos em que o amor e o sexo perdem sua seriedade habitual. As situações se desenvolvem a partir de um mal-entendido, de um jogo com o outro, e põem em foco a arte de iludir e ser iludido. São histórias de amor que fazem rir, embora descrevam tentativas de repor alguma verdade na experiência amorosa. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Um estudante envia um cartão-postal ironizando o dogmatismo comunista. Punido com anos de trabalho braçal, ele depois buscará a vingança, mas vai enfrentar perguntas como esta: qual a relação entre desejo sexual e ódio? Lançado em 1967. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

História de quatro adultos capazes de quase tudo para vivenciar o erotismo que desejam para si. Como limites fortes, encontram um tempo histórico politicamente opressivo e o caráter enigmático da existência humana. Lançado em 1982. Leia +
Companhia das Letras
A IDENTIDADE (1998)
INDISPONÍVEL

Uma mulher bonita, mas não tão jovem, descobre que os homens já não se viram para olhá-la. A partir dessa experiência tão particular à vida íntima das mulheres, Kundera escreve um romance em que o tema da identidade se desdobra em muitas variantes. Leia +
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência