Livro acessível
0
Carrinho
Tradutor / José Marcos Mariani de Macedo
JOSÉ MARCOS MARIANI DE MACEDO


#JoséMarcosMarianideMacedo
Catálogo
Companhia das Letras

A partir de uma internação no hospital, o narrador deste poderoso romance tece o relato de uma caminhada de um ano pelo leste da Inglaterra, investigando a história, a arte e a natureza numa mistura de autobiografia, ensaio, narrativa histórica e prosa de ficção. Leia +
Companhia das Letras

Quatro histórias de personagens expatriados por conta das turbulências da Europa do século XX se entrecruzam num relato situado na fronteira entre a ficção e as memórias. Leia +
Companhia das Letras
VERTIGEM (2008)

Publicado em 1990, o livro de estréia de W. G. Sebald marcou o surgimento de uma voz inclassificável na literatura mundial: ignorando as fronteiras entre os gêneros, o escritor alemão inaugurava o estilo inconfundível que marcaria as quatro grandes narrativas que escreveu antes de sua morte precoce. Leia +
Promoção BLACK FRIDAY 2021
Companhia das Letras
AUSTERLITZ (2008)

Obra-prima de W. G. Sebald e um dos grandes romances deste século, Austerlitz é a crônica de um homem em busca de sua biografia. Vagando pela Europa ao sabor do horário dos trens e da erudição acadêmica, o professor Jacques Austerlitz mal suspeita que está a ponto de encontrar seus próprios passos perdidos em outro país e em outra época. Leia +
Promoção BLACK FRIDAY 2021
Companhia das Letras

Edição comemorativa de um dos grandes clássicos da sociologia. Publicado em 1904, A ética protestante e o "espírito" do capitalismo ganha nova tradução brasileira, em edição que marca o centenário do estudo. A edição recupera a versão original do ensaio e a apresenta em conjunto com o texto de 1920, revisto e ampliado pelo próprio Max Weber. Leia +
Companhia das Letras

Onze textos que unem memória e reflexão crítica, combinadas pelo estilo acessível e envolvente de um dos mais importantes romancistas da atualidade. Piglia volta a suas teses sobre o conto, comenta clássicos modernos como Kafka e Joyce, e analisa a obra de autores argentinos como Borges, Roberto Arlt e Macedonio Fernández. Leia +
Companhia das Letras

Tudo vai bem para Schwarz, mas eis que num virar de página - com a rapidez que só costuma surpreender os arrogantes -, a guilhotina de empregos encontra o pescoço desse burocrata yuppie. Leia +
Companhia das Letras

Tendo perdido a mulher e o filho num acidente aéreo, um autor de documentários para TV perambula pela Europa, em busca de imagens para seu "eterno projeto": um filme. Avançando no compasso de um romance de amor, o livro representa magnificamente os cruzamentos entre os caminhos individuais e a história do continente. Leia +
Companhia das Letras
EXTINÇÃO (2000)

A idéia, a necessidade ou o desejo de autodestruição estão no centro da obra de Bernhard. Em Extinção, este centro parece avançar até a borda e restar como verdade última da existência e da linguagem. Leia +


Assine a newsletter da Companhia