Autores / Fred Vargas
FRED VARGAS
Nasceu em 1957 em Paris. É historiadora, arqueóloga medievalista e autora de romances policiais traduzidos em mais de quarenta línguas, tendo vendido mais de um milhão de exemplares na França.


#FredVargas
Títulos
Companhia das Letras

O delegado Adamsberg e sua equipe investigam em Paris o assassinato de um poderoso empresário queimado vivo e, em uma localidade da Normandia, a série de mortes relacionadas à lenda do Exército Furioso, uma trupe medieval de mortos-vivos. Leia +
Companhia das Letras

O delegado Adamsberg vai a Londres e se envolve em uma investigação macabra: vários pares de sapatos, com pés dentro, são achados no cemitério de Highgate. De volta a Paris, Adamsberg terá de lidar com outros crimes sinistros. Mas os pés amputados, um assassinato na Áustria e vampiros sérvios continuam a perturbar seu raciocínio investigativo. Leia +
Companhia das Letras

Definitivamente, não é uma época de calmaria para o delegado Adamsberg. Neste décimo romance da atual dama do crime francês ele tem de lidar com jovens traficantes degolados, túmulos violados, cervos eviscerados e um fantasma no sótão da casa que acaba de comprar. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Um cego, uma oceanógrafa, uma velhinha e, claro, um detetive e seu assistente circulam nesta trama que se desdobra pelas calçadas de Paris, atrás de um maníaco perigoso, armado com um giz azul. Primeiro livro da série com o delegado Jean-Baptiste Adamsberg. Leia +
Companhia das Letras
INDISPONÍVEL

Primeiro ovelhas, depois pessoas: uma série de assassinatos na região do Mercantour leva o delegado Jean-Baptiste Adamsberg aos Alpes franceses. Fenômeno editorial na França, Fred Vargas já vendeu mais de 250 mil exemplares desde o lançamento de seu primeiro livro. Leia +
Companhia das Letras

Um pregoeiro anuncia uma epidemia de peste negra em Paris - e cadáveres começam a aparecer. O delegado Jean-Batiste Adamsberg e seu assistente Danglard assumem a investigação desse caso de terror coletivo. Best-seller na França, o livro foi saudado pela imprensa francesa e teve direitos de publicação negociados com mais de vinte países. Leia +
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência