Livro acessível
0
Carrinho
Tradutor / Rosa Freire Aguiar
ROSA FREIRE AGUIAR


#RosaFreireAguiar
Catálogo
Penguin Companhia
Ou a Escola da Libertinagem

Principal obra de Sade e o mais conhecido e inigualável registro da literatura pornográfica, Os 120 dias de Sodoma ainda hoje desperta o interesse e a perplexidade de quem cruza seu caminho. Leia +
Companhia das Letras
Cartas de amor (1928-1930)

Um surpreendente relato verídico de luxúria na Paris dos anos 1920. Leia +
Companhia das Letras

Um poderoso e esclarecedor retrato da melancolia escrito por um dos grandes intelectuais de nosso tempo. Leia +
Companhia das Letras

Um irreverente thriller filosófico escrito por uma das vozes mais originais da ficção francesa contemporânea. Leia +
Penguin Companhia

Textos do escritor francês sobre a moda, a culinária e a vida elegante. Uma janela para um tempo em que a etiqueta constava no receituário de homens e mulheres. Leia +
Companhia das Letras

Da autora de A elegância do ouriço, uma trama fantástica em louvor da arte, da magia e da natureza, que flerta com os universos de Harry Potter e Nárnia. Leia +
Companhia das Letras
OS BOÊMIOS (2015)

Com cenas eróticas e um capítulo em que a orgia corre solta, Os boêmios é um retrato lúcido e profético da Corte francesa às vésperas da Revolução. Leia +
Alfaguara
SUBMISSÃO (2015)

Uma sátira precisa e devastadora sobre os valores de nossa sociedade. Leia +
Penguin Companhia

Balzac, que vê a faixa dos trinta anos como o auge poético da vida das mulheres, faz um elogio à maturidade feminina no livro que consagrou a expressão "balzaquiana". Leia +
Penguin Companhia
O PAI GORIOT (2015)

Um pai que é explorado pelas filhas, um jovem ambicioso e a sociedade parisiense do século XIX são o centro deste romance, que é considerado um dos mais importantes da Comédia humana de Balzac. Leia +
Companhia das Letras

Reunião de cursos no Collège de France é síntese do trabalho de Pierre Bourdieu, um dos grandes pensadores do século XX. Leia +
Penguin Companhia

As sentenças ácidas e mordazes do grande pensador moralista do século XVII. Leia +
Seguinte

Aos vinte e cinco anos, o "menino negro" descreve sua infância, adolescência e o começo da vida adulta na República da Guiné, na África. Os tempos que passava na oficina de seu pai, as brincadeiras, a experiência da circuncisão, as danças com a amada Marie e muitas outras vivências, todas relatadas com uma calma, serenidade e alegria singulares. Leia +
Companhia das Letras

Em três conferências inéditas, Claude Lévi-Strauss revisita os fundamentos da antropologia moderna e aponta direções para seu desenvolvimento no contexto das intensas transformações das sociedades contemporâneas. Leia +
Companhia das Letras

Nesta coletânea de artigos, conferências e prefácios, Claude Lévi-Strauss compartilha uma apaixonada visão sobre o Japão e suas inestimáveis contribuições à riqueza cultural da humanidade. Leia +
Companhia das Letras

Em depoimentos inéditos ao documentarista Miguel Gonçalves Mendes, Saramago e sua mulher falam de política, amor, trabalho, literatura e morte. Leia +
Penguin Companhia

As improváveis aventuras de Fabrice Del Dongo, um dos mais famosos protagonistas do romance moderno, que se une ao exército de Napoleão sem saber que está no meio de um acontecimento importante - a batalha de Waterloo. Leia +
Companhia das Letras
AS COISAS (2012)

Primeiro livro de Georges Perec, As coisas mostra um casal parisiense de vinte e poucos anos dividido entre aspirações intelectuais, a vida boêmia e o chamado incontrolável da sociedade de consumo. Leia +
Penguin Companhia

Um dos mais célebres romances de Balzac, peça-chave de sua A comédia humana, em uma nova tradução de Rosa Freire d'Aguiar, com introdução do estudioso britânico Herbert J. Hunt. Leia +
Penguin Companhia
OS ENSAIOS (2010)

Reunião dos principais textos de Michel de Montaigne, esta edição traz um rico panorama da obra daquele que é considerado o pai do gênero ensaio. Os textos selecionados para esta edição passam por temas como o medo, a covardia, a preparação para a morte, a educação dos filhos, a embriaguez e a ociosidade. Leia +
Companhia das Letras

Entremeando a narrativa do cativeiro com reflexões sobre a morte, a liberdade e o poder, Não há silêncio que não termine reconstitui com implacável lucidez o período de mais de seis anos que Ingrid Betancourt passou no inferno verde da selva amazônica em poder das Farc, a principal organização guerrilheira da Colômbia. Leia +
Companhia de Bolso

Ironia e leveza em 32 narrativas escritas ao longo de quarenta anos - entre 1943, quando Calvino tinha vinte anos, e 1984, um ano antes de sua morte. Com estilos e linguagens diferentes, elas são como um roteiro da vasta obra do escritor, desde o neo-realismo até as experiências de vanguarda. Leia +
Companhia das Letras

Numa época em que os rumos do desenvolvimento exigem cada vez mais o respeito ao meio ambiente, a vida e as reflexões de Ignacy Sachs, conhecido internacionalmente como o grande teórico do ecodesenvolvimento, são um bem-sucedido exemplo de autobiografia intelectual. Leia +
Companhia das Letrinhas

Em Pequenos contos para crescer, dez narrativas tradicionais de diversas partes do mundo abordam com humor e delicadeza os grandes temas da vida, como a amizade, o amor, a tolerância, o egoísmo... Leia +
Companhia das Letras

No romance de estreia de Muriel Barbery, autora do best-seller A elegância do ouriço, o maior crítico de gastronomia da França é desenganado pelos médicos e decide perscrutar a memória em busca do gosto perfeito. Leia +
Companhia de Bolso

Obra-prima de um romancista genial mas até hoje maldito, denuncia com rara virulência o sofrimento de viver e a fragilidade da condição humana. Leia +
Companhia das Letras

Um prédio elegante no centro de Paris; uma desconfiada zeladora de meia-idade, fã de Tolstoi e do Oriente; uma garota cáustica, às turras com a família; um senhor japonês sorridente e misterioso. Com esses ingredientes díspares, Muriel Barbery fez do romance A elegância do ouriço a boa surpresa literária de 2006 na França, onde vendeu mais de 850 mil exemplares. Leia +
Companhia das Letrinhas
ANANSI (2007)
o velho sábio

Um dos mais famosos contos africanos, Anansi narra como a astuta aranha Anansi e sua mulher Aso tiveram acesso às histórias que o deus do céu guardava em um baú. Parte da mitologia axânti, o conto tematiza o triunfo da sagacidade sobre a força, e a desforra dos pequenos contra os grandes. Leia +
Companhia das Letras

Nesta coleção de ensaios, Carlo Ginzburg, autor do famoso O queijo e os vermes, volta-se para as relações entre fato e ficção, prova e testemunho, história e literatura - tanto a partir de casos históricos concretos como de grandes obras da literatura universal. Leia +
Companhia das Letras

Marcada pelo peronismo e pela ditadura militar - que fizeram de seu país uma nação fraturada -, Beatriz Sarlo escreveu diversos ensaios em que procura recuperar e reordenar a conturbada história recente da Argentina. Tempo passadose inscreve nessa vertente. Leia +
49


Assine a newsletter da Companhia

Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Editora Schwarcz S.A. - Rio de Janeiro
Praça Floriano, 19, sala 3001
20031-050 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 21 3993-7510
Todos os direitos reservados 2020