Bruno Oliveira - Grupo Companhia das Letras
Frete grátis para todo o Brasil em compras a partir de R$ 99
Livro acessível
0
Carrinho
Capista / Bruno Oliveira
BRUNO OLIVEIRA


#BrunoOliveira
Catálogo
Paralela
Ações para o presente

"'Tudo vai dar certo no futuro', diziam por aí, mas, pela primeira vez em nossa vida, estamos nos deparando com uma possibilidade tangível de cancelamento do futuro." Leia +
Zahar
Conversas sobre o mundo em que vivemos

Em Estranho familiar, os leitores de Zygmunt Bauman encontrarão um viés mais pessoal do homem que mudou nossa maneira de pensar o mundo moderno. E aqueles que acabam de descobrir esse engajado humanista terão em mãos uma síntese magistral de seu imenso legado. Leia +
Zahar
As consequências humanas

Nessa obra de referência – agora em novo projeto gráfico –, Zygmunt Bauman disseca a globalização em todas as suas manifestações: seus reflexos sobre a economia, a política, as estruturas sociais e até sobre nossas percepções de tempo e espaço. Leia +
Zahar

No livro clássico de sua obra – agora em novo projeto gráfico –, o sociólogo Zygmunt Bauman examina como se deu a passagem de uma modernidade "pesada" e "sólida" para uma modernidade "leve" e "líquida", infinitamente mais dinâmica. Leia +
Zahar

Em Tempos líquidos, Zygmunt Bauman faz uma reflexão profunda sobre a insegurança, sobretudo nas grandes cidades. Leia +
Zahar

O que é felicidade? Seria possível alcançá-la definitivamente? Em A arte da vida, Zygmunt Bauman reflete sobre essas perguntas, fazendo uma exposição brilhante das condições – e dos limites – que influenciam nossos projetos de vida. Leia +
Zahar
A perda da sensibilidade na modernidade líquida

Uma análise brilhante do novo mal que assola nossa época e nos anestesia perante o sofrimento alheio. Leia +
Zahar

Com sua capacidade única de tornar inteligíveis os aspectos mais cotidianos da nossa existência, Zygmunt Bauman analisa neste livro a situação atual das grandes cidades. Nelas, o "estrangeiro" é apartado por marcas urbanas da diferença – bairros próprios, grades, muros e todos os mecanismos possíveis de segregação. Leia +
Promoção Leituras de Inverno
Zahar
Sobre a fragilidade dos laços humanos

Best-seller da obra de Zygmunt Bauman – agora em novo projeto gráfico –, Amor líquido é um livro fundamental para a compreensão das relações afetivas dos dias de hoje. Leia +
Zahar

Em Vida líquida, Zygmunt Bauman volta ao tema da fluidez da existência contemporânea, desenvolvido também em outras obras de sucesso como Amor líquido e Modernidade líquida. Leia +
Zahar
Entrevista a Benedetto Vecchi

Em Identidade, Zygmunt Bauman analisa as muitas consequências da modernidade líquida para o conceito de identidade, da vida em sociedade aos relacionamentos amorosos. Leia +
Zahar

Retornando a temas tão presentes no pensamento de Zygmunt Bauman – como destino, escolhas e liberdade –, este livro nos convida a uma reflexão indispensável sobre as complexidades de ser humano no mundo líquido moderno. Leia +
Zahar

"Este livro é o relatório de um campo de batalha." É com essa afirmação que Zygmunt Bauman abre esta coletânea, que reúne seis de suas conferências proferidas no Instituto de Ciências Humanas de Viena, em 2008. Em todos os textos, a ética é o ponto em comum. Leia +
Zahar
A busca por segurança no mundo atual

Com seu consagrado brilhantismo, Zygmunt Bauman oferece uma revisão mais do que nunca, necessária do conceito de comunidade, que se tornou central para os debates atuais sobre a natureza e o futuro de nossas sociedades. Leia +
Zahar

Escrito em 1968, na época em que Zygmunt Bauman era professor na Polônia, o original deste livro estava perto do lançamento quando foi censurado e confiscado pelo governo polonês. Durante meio século, o consenso era de que o manuscrito estava perdido. Mas, surpreendentemente, ele sobreviveu, servindo de base para esta edição póstuma. Leia +
Zahar

Em Vidas desperdiçadas, Zygmunt Bauman reflete sobre um dos problemas mais inquietantes de nossa época – a produção de uma cultura de "refugo humano", ou, mais exatamente, de seres humanos refugados – e nos oferece um ponto de vista alternativo sobre o mundo moderno, supostamente tão familiar, que todos compartilhamos e habitamos. Leia +
Zahar

Em 2008, Zygmunt Bauman foi convidado pela revista italiana La Repubblica delle Donne para comentar múltiplos aspectos do que chama de "mundo líquido moderno". Durante quase dois anos, ele publicou quinzenalmente sua contribuição e este livro reúne uma seleção de 44 cartas do autor sobre temas da cultura, da política e do cotidiano. Leia +
Zahar

Em O mal-estar da pós-modernidade – primeiro livro de Bauman publicado no Brasil –, o sociólogo polonês faz uma vigorosa reflexão das ansiedades modernas, estabelecendo nexos diretos com o famoso O mal-estar na civilização, de Freud. Leia +
Zahar

Neste livro, Zygmunt Bauman faz uma revisão crítica do conceito de cultura nas ciências sociais. Percorrendo um longo caminho, dos gregos antigos ao pós-estruturalismo, ele examina as principais correntes de pensamento que estudaram o significado da cultura na sociedade. Leia +
Promoção Leituras de Inverno
Zahar

Medo líquido, uma obra reveladora de Zygmunt Bauman, fala sobre as origens, as dinâmicas e os usos do medo na modernidade líquida. Ao mesmo tempo, é um convite para que tentemos encontrar maneiras de colocá-lo fora de ação ou torná-lo inofensivo. Leia +
Zahar
A transformação das pessoas em mercadoria

Em Vida para consumo, Zygmunt Bauman explicita e analisa um traço marcante da sociedade contemporânea: a transformação das pessoas em mercadorias. Ao abordar a questão, o autor reflete de forma ampla sobre o impacto da conduta consumista em diversos aspectos da vida. Leia +
Zahar

Em A cultura no mundo líquido moderno, Zygmunt Bauman – um dos mais brilhantes pensadores da atualidade – rememora os deslocamentos históricos do conceito de cultura e examina seu destino num mundo marcado pelas poderosas forças da globalização, da migração e da coexistência bélica de populações. Leia +
Zahar
Sobre a ética pós-moderna

Vivemos a contradição radical entre sermos inevitavelmente morais e lidarmos com realidades transitórias, insuficientes, indefinidas. Nessas condições, como adotar uma atitude moral que leve em conta o outro? Leia +
Zahar

Aprendendo a pensar com a sociologia foi escrito com o objetivo de ajudar o leitor a entender suas vivências individuais e com os outros. Abordando aspectos aparentemente comuns da vida – amor, trabalho, lazer, consumo, religião etc. –, este livro revela como eles podem ser interpretados de maneira diferente e inovadora. Leia +


Assine a newsletter da Companhia