Home | Livros | Companhia das Letras | COMPAIXÃO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

COMPAIXÃO

Toni Morrison
Tradução: José Rubens Siqueira

Apresentação

Uma das maiores romancistas americanas contemporâneas retoma seu tema mais caro, a condição da mulher negra nos Estados Unidos, desta vez situando a narrativa em 1690, nos primórdios da nação americana.

Deus ajude essa criança

Companhia das Letras

Deus ajude essa criança

Toni Morrison

R$ 74,90

Indisponível
O olho mais azul (Nova edição)

Companhia das Letras

O olho mais azul (Nova edição)

Toni Morrison

R$ 79,90

Amor

Companhia das Letras

Amor

Toni Morrison

R$ 52,90

Indisponível
Paraíso

Companhia das Letras

Paraíso

Toni Morrison

R$ 59,90

Indisponível
A origem dos outros

Companhia das Letras

A origem dos outros

Toni Morrison

R$ 79,90

A fonte da autoestima

Companhia das Letras

A fonte da autoestima

Toni Morrison

R$ 94,90

Quem leva a melhor?

Companhia das Letrinhas

Quem leva a melhor?

Toni Morrison Slade Morrison

R$ 49,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: A mercy Páginas: 160 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.235 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 07/08/2009
ISBN: 978-85-3591-506-8 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Uma das maiores romancistas americanas contemporâneas retoma seu tema mais caro, a condição da mulher negra nos Estados Unidos, desta vez situando a narrativa em 1690, nos primórdios da nação americana.

A obra de Toni Morrison é toda debruçada sobre a condição do negro nos Estados Unidos e, sobretudo, da mulher negra americana. Em Amada, ela visitou o terror permanente da vida na escravatura. Agora, em Compaixão, recua mais na história e vai à origem, a 1690, quando a própria nação norte-americana estava nascendo, cem anos antes da Declaração de Independência. Morrison nos faz lembrar que o começo do regime escravagista se confunde com esse início da nação, os dois cresceram juntos. A autora vê, nesse alvorecer do país, a possibilidade de uma escravatura sem racismo, que junta brancos, negros e indígenas numa mesma árdua luta pela sobrevivência na natureza inóspita do nordeste americano.
Compaixão é a história de Florens, que a própria mãe entrega como pagamento da dívida de seu senhor, na esperança de que possa ter uma vida melhor numa fazenda remota, ao lado de três outras mulheres - Rebekka, a senhora branca; Lina, uma escrava indígena; e Sorrow, outra escrava negra - e do tolerante senhor anglo-holandês Jacob Vaark.
Em meio às asperezas da vida rural desse período, ameaçada pela varíola, numa terra sem lei, dividida entre o puritanismo religioso das seitas protestantes dos brancos e a tolerância e liberdade do indígena e do negro, Florens descobre o amor e o sexo. Luta com a natureza do nordeste da América do Norte e com sua própria natureza, ambas bravias, uma fria, a outra ardente. Sempre em busca de um amor perdido: o de sua mãe e o de sua pátria.

Sobre o autor