Home | Livros | Zahar | O DUELO: CHURCHILL X HITLER
CLIQUE PARA AMPLIAR

O DUELO: CHURCHILL X HITLER

80 dias cruciais para a Segunda Guerra Mundial

John Lukacs

Você pode gostar também de

Zahar

Hitler & Churchill

Andrew Roberts

R$ 94,90

Zahar

A estranha derrota

Marc Bloch

R$ 77,90

Zahar

Guerreiros de Hitler

Guido Knopp

R$ 82,90

Indisponível

Zahar

A utopia urbana

Gilberto Velho

R$ 64,90

Zahar

Feitiço decente

Carlos Sandroni

R$ 77,90

Zahar

Dicionário do pensamento marxista

Tom Bottomore

R$ 157,90

Zahar

O que é história cultural? (Nova edição)

Peter Burke

R$ 72,90

Zahar

17 equações que mudaram o mundo

Ian Stewart

R$ 82,90

Objetiva

Fim de jogo, 1945

David Stafford

R$ 89,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 50,32

Ficha Técnica

Páginas: 244 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.364 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 10/06/2002
ISBN: 978-85-7110-657-4 Selo: Zahar Ilustração:

SOBRE O LIVRO

"Senhores, a ofensiva contra as potências ocidentais começou." Estas foram as palavras de Adolf Hitler a seus subordinados no dia 10 de maio de 1940. Seu plano era, invadindo os Países Baixos, chegar à França e, então, à Inglaterra. No mesmo dia, Churchill assumia o cargo de primeiro-ministro da Grã-Bretanha.
Esse é um relato fiel dos 80 dias do duelo travado em 1940 entre Adolf Hitler - na iminência de uma vitória absoluta - e Winston Churchill - ameaçado de ver a Inglaterra invadida e a guerra perdida. Durante esses dias, apenas Churchill se colocou no caminho de Hitler para impedir que ele ganhasse a guerra. Desse duelo dependeram a Segunda Guerra Mundial e o destino do mundo.
"Este poderoso estudo nos lembra - e é bom que o faça - quão perto Hitler esteve da vitória em 1940. (...) Um estudo impressionante (...) [escrito] com elegância e brilho."
Peter Stansky, New York Times
"Um livro magistral - magistral no retrato que traça dos protagonistas e na compreensão geral do duelo de morte que eles travaram; magistral, acima de tudo, na crônica viva e cheia de suspense dos oitenta dias mais importantes do século XX."
Geoffrey Ward, historiador, ex-editor do American Heritage Magazine

Sobre o autor