Livro acessível
Clique para ampliar
Livro vencedor do prêmio Jabuti 1993 / Categoria: Melhor Produção Editorial Obra Coleção
#PALOMAR
Palomar é um observatório astronômico que durante muito tempo ostentou o maior telescópio do mundo. É também o nome do protagonista destes textos breves e sábios. O sr. Palomar é todo olhos, mas, como um telescópio ao contrário, volta-se para as coisas próximas do cotidiano.
Apresentação
Palomar é o nome de um famoso observatório astronômico que durante muito tempo ostentou o maior telescópio do mundo. Por intencional ironia, é também o nome do protagonista destes textos curtos de Italo Calvino, pois este senhor Palomar é todo olhos, mas funciona quase sempre como se fosse um telescópio ao contrário, voltado não para a amplidão do espaço, mas para as coisas próximas do cotidiano. É como se ele nos dissesse que as grandes questões do mundo e da existência também estão presentes em cada objeto que observamos, em cada cena que presenciamos, e que tudo é digno de ser interrogado e pensado.
Em Palomar, fazendo uma sábia mistura de descrição, narração e reflexão, Calvino revela a mesma inquietude de suas outras obras, sem esquecer aquela pitada de humor refinado que contribui para a leveza de seus textos. Em meio a suas reflexões filosóficas, por exemplo, o senhor Palomar preocupa-se também com a angustiante questão de como se comportar na praia diante de um par de seios nus.
Palomar foi o último livro publicado em vida por Italo Calvino.

Prêmio Jabuti 1993 de Melhor Produção Editorial de Obra em Coleção
Ficha Técnica
Título original: PALOMAR
Tradução: Ivo Barroso
Capa: Raul Loureiro
Páginas: 120
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.188 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 23/09/1994
ISBN: 9788571644090
Selo: Companhia das Letras
Prêmios
Livro vencedor do prêmio Jabuti 1993 / Categoria:
Autor

Assine a newsletter da Companhia