Livro acessível
0
Carrinho
Catálogo / Companhia das Letras / POEMAS DA CARNE E DO EXÍLIO
Companhia das Letras
POEMAS DA CARNE E DO EXÍLIO
Tradução: José Paulo Paes
#POEMASDACARNEEDOEXILIO
Mestre Paes traz ao português dois extremos do grande poeta latino: a elegia erótica de sua primeira obra, Amores, e o lamento solitário das duas últimas, Triste e Pônticas, escritas no desterro, nas quais desponta uma nova subjetividade lírica.
Apresentação
Nascido na cidade de Sulmo, nos Apeninos, a leste de Roma, em 43 a.C., Publius Ovídio Naso é o último dos grandes autores de elegias na literatura latina, dentro de uma tradição que vai de Galo a Catulo, Tibulo e Propércio. Ao mesmo tempo, a obra de Ovídio marca a superação do caráter "impessoal" da lírica romana, apontando para uma nascente subjetividade, expressa sobretudo em seus poemas de exílio. Poemas da carne e do exílio é uma antologia que procura flagrar justamente esses dois aspectos da obra de Ovídio. Concebido e traduzido pelo poeta José Paulo Paes, que já havia vertido os Poemas da antologia grega ou palatina para a Companhia das Letras, o volume contrapõe os Amores, primeira obra de Ovídio, a Triste e às Pônticas, seus dois últimos livros.
Ficha Técnica
Título original: POEMAS DA CARNE E DO EXÍLIO
Tradução: José Paulo Paes
Páginas: 104
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Peso: 0.209 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 05/06/1997
ISBN: 9788571646612
Selo: Companhia das Letras
Autor
Comentários

Deixe seu comentário

Você deve estar logado para comentar
Faça seu login

Assine a newsletter da Companhia