Livro acessível
0
Carrinho
Títulos / Companhia das Letras / DIVÓRCIO EM BUDA
Clique para ampliar
Companhia das Letras
DIVÓRCIO EM BUDA
Tradução: Ladislao Szabo
#DIVORCIOEMBUDA
Na véspera de oficializar a separação de um casal, o juiz Kristóf Kömives se surpreende ao receber a visita do marido, um antigo colega, e ouve um relato capaz de reabrir feridas há muito cicatrizadas. Divórcio em Buda faz uma rica descrição da burguesia decadente na Hungria dos anos 30, numa narrativa de grande densidade psicológica.
Apresentação
Nos anos 20 e 30, Sándor Márai era um autor de sucesso na Hungria. Mas em 1948, quando partiu para o exílio, seus livros foram proibidos pelo regime comunista. Pouco depois de sua morte, em 1989, a obra de Márai começou a ser redescoberta, e desde então o escritor é situado pela crítica entre os maiores prosadores europeus do século XX.
Assim como em As brasas, seu livro mais celebrado, Divórcio em Buda narra o reencontro de dois homens, depois de anos sem se falar, para um acerto de contas que envolve uma mulher. Escrito em 1935, o livro tem como protagonista um austero juiz de direito que está prestes a oficializar a separação entre um médico e a esposa, ambos seus conhecidos de juventude.
Membro de uma família tradicional de advogados da Hungria, o jovem juiz Kristóf Kömives mora na cidade de Buda. Ele examina os papéis dos divórcios que irão a julgamento no dia seguinte e depara com um documento que lhe chama a atenção: o processo do médico Imre Greiner e sua esposa Anna Fazekas.
Imre e Kristóf haviam sido colegas de escola, embora não chegassem a ser íntimos. A lembrança de Anna é mais intensa para o juiz: dez anos antes, Kristóf e ela tiveram um encontro marcante na Ilha Margarida. Kristóf recorda o episódio a caminho de uma reunião social, acompanhado de sua mulher. O casal volta cedo para casa e, ao chegar, o juiz recebe a visita de Imre Greiner.
Surpreendido, o juiz se vê diante de um relato capaz de mexer em feridas que julgava há muito cicatrizadas. Rico na descrição dos hábitos da alta burguesia húngara, Divórcio em Buda revela o pessimismo de uma sociedade decadente às portas da Segunda Guerra Mundial, ao mesmo tempo em que ilumina os pontos mais obscuros da mente de seus personagens.
Ficha Técnica
Título original: VÁLÁS BUDÁN
Tradução: Ladislao Szabo
Capa: Raul Loureiro
Páginas: 176
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.230 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 27/11/2003
ISBN: 9788535904406
Selo: Companhia das Letras
Autor

Assine a newsletter da Companhia