Home | Livros | Companhia das Letras | CARTAS A UM JOVEM CIENTISTA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

CARTAS A UM JOVEM CIENTISTA

Edward O. Wilson
Tradução: Rogério W. Galindo

R$ 54,90

/ À vista

Apresentação

Do vencedor do prêmio Pulitzer, uma vibrante homenagem à ciência e a todos aqueles que sonham em desvendar os mistérios da Terra.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Cartas a um jovem cientista

Edward O. Wilson

R$ 54,90

Companhia das Letras

O sentido da existência humana

Edward O. Wilson

R$ 67,90

Companhia de Bolso

O mundo assombrado pelos demônios

Carl Sagan

R$ 54,90

Preço total de

R$ 177,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O sentido da existência humana

Edward O. Wilson

R$ 67,90

Companhia das Letras

A conquista social da terra

Edward O. Wilson

R$ 72,90

Indisponível

Companhia de Bolso

Diversidade da vida

Edward O. Wilson

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

Pálido ponto azul (Nova edição)

Carl Sagan

R$ 67,90

Companhia das Letras

A criação

Edward O. Wilson

R$ 59,90

Indisponível

Companhia de Bolso

O mundo assombrado pelos demônios

Carl Sagan

R$ 54,90

Companhia das Letras

Biologia, ciência única

Ernst Mayr

R$ 62,90

Indisponível

Companhia de Bolso

A expressão das emoções no homem e nos animais

Charles Darwin

R$ 54,90

Companhia das Letras

A estranha ordem das coisas

António Damásio

R$ 62,32

Companhia das Letras

O relojoeiro cego

Richard Dawkins

R$ 94,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Letters to a young scientist Páginas: 208 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.264 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 25/02/2015
ISBN: 978-85-3592-545-6 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Do vencedor do prêmio Pulitzer, uma vibrante homenagem à ciência e a todos aqueles que sonham em desvendar os mistérios da Terra.

Um dos mais celebrados biólogos da atualidade, Edward O. Wilson passou as últimas seis décadas tentando desvendar os mistérios da vida na Terra. E agora ele divide essa experiência com seus leitores, em vinte e uma cartas sobre o amor pela ciência e o prazer da descoberta. Passando por tópicos que vão desde sua infância como escoteiro no sul dos Estados Unidos à sua paixão por formigas e borboletas, Wilson mostra de onde veio a motivação para se tornar um biólogo, numa bem-humorada visita a seus maiores sucessos e fracassos. Em um momento na história humana em que nossa sobrevivência depende mais do que nunca da compreensão da ciência, Wilson insiste que o sucesso como pesquisador não vem da habilidade matemática, mas sim de uma paixão para encontrar um problema e resolvê-lo. Seja falando do colapso de estrelas, da exploração de florestas tropicais ou da profundidade dos oceanos, Wilson retrata a ciência como um campo de criatividade e dedicação. E, a partir de sua brilhante carreira, mostra ao leitor o lugar modesto e especial que o ser humano ocupa no ecossistema do planeta. "Obrigado por lembrar a mim e a milhares de outras pessoas por que nos tornamos cientistas." - Bill Streever, New York Times Book Review

Sobre o autor