Home | Livros | Companhia das Letras | POEMA SUJO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

POEMA SUJO

Ferreira Gullar

R$ 49,90

/ À vista

Apresentação

Poema clássico de Ferreira Gullar testa os limites da linguagem poética.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Poema sujo

Ferreira Gullar

R$ 49,90

Companhia das Letras

Poemas escolhidos

Elizabeth Bishop

R$ 67,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Preço total de

R$ 217,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Ficha Técnica

Título original: Poema sujo Páginas: 112 Formato: 14.80 X 21.00 cm Peso: 0.166 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 22/08/2016
ISBN: 978-85-3592-767-2 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Poema clássico de Ferreira Gullar testa os limites da linguagem poética.

Publicado originalmente em 1976, Poema sujo transformou a paisagem da poesia brasileira com sua torrente arrebatadora de versos, expressão máxima de uma subjetividade convulsa pela atmosfera sufocante da ditadura. O poema foi escrito na Argentina, onde o autor se encontrava exilado. "Sentia-me dentro de um cerco que se fechava. Decidi, então, escrever um poema que fosse o meu testemunho final, antes que me calassem para sempre", escreveu Gullar. "Imaginei que poderia vomitar, em escrita automática, sem ordem discursiva, a massa da experiência vivida - lançar o passado em golfadas sobre o papel e, a partir desse magma, construir o poema que encerraria a minha aventura biográfica e literária." Quarenta anos depois, o poema continua atual como nunca.

Sobre o autor