CLIQUE PARA AMPLIAR

FACA

Reflexões sobre um atentado

Salman Rushdie
Tradução: Cássio Arantes Leite e José Rubens Siqueira

R$ 69,90

/ À vista

Apresentação

Em um relato íntimo e potente, Salman Rushdie relembra o atentado que sofreu em 12 de agosto de 2022 e ressignifica sua traumática experiência, respondendo à violência com arte. Faca é uma reflexão emocionante sobre a vida, a perda e o amor -- e sobre como encontrar forças para um novo começo.

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Seis passeios pelos bosques da ficção (Nova edição)

Umberto Eco

R$ 74,90

Companhia das Letras

Carisma e poder

Ian Kershaw

R$ 149,90

Companhia das Letras

Breve história do espírito (Nova edição)

Sérgio Sant'Anna

R$ 74,90

Zahar

Uma enciclopédia nos trópicos

Beto Ricardo Ricardo Arnt

R$ 109,90

Zahar

Extremos

Pedro Fernando Nery

R$ 119,90

Companhia das Letras

Copacabana dreams

Natércia Pontes

R$ 84,90

Alfaguara

Os grandes carnívoros

Adriana Lisboa

R$ 84,90

Companhia das Letras

Virgínia mordida

Jeovanna Vieira

R$ 79,90

Ficha Técnica

Título original: Knife Páginas: 232 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.292 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 16/04/2024
ISBN: 978-85-3593-719-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em um relato íntimo e potente, Salman Rushdie relembra o atentado que sofreu em 12 de agosto de 2022 e ressignifica sua traumática experiência, respondendo à violência com arte. Faca é uma reflexão emocionante sobre a vida, a perda e o amor -- e sobre como encontrar forças para um novo começo.

Em fevereiro de 1989, o principal líder da Revolução Iraniana, aiatolá Ruhollah Khomeini, emitiu uma fatwa contra Salman Rushdie, ordenando que tanto o autor quanto a equipe que trabalhara na publicação do livro Os versos satânicos fossem assassinados. Por mais de trinta anos, Rushdie viveu sob a sombra dessa ameaça -- até 2022, quando foi esfaqueado.
Pela primeira vez desde o atentado, o autor compartilha sua experiência de sobreviver ao pretenso destino. Dividido em duas partes, Faca narra, em detalhes inesquecíveis, os momentos imediatos que se sucederam ao ataque, bem como o processo de recuperação física e psicológica do escritor, do período no hospital aos esforços de reabilitação, passando pelo apoio essencial de sua esposa, Rachel Eliza Griffiths, e até por um diálogo imaginário com o agressor, culminando com a volta ao lugar onde tudo aconteceu.
Neste livro absolutamente íntimo, Salman Rushdie se distancia dos universos muitas vezes fantásticos característicos de sua obra para explorar o que há de mais concreto na humanidade, sem jamais abrir mão da forma literária pela qual se consagrou.

Sobre o autor