Home | Livros | Objetiva | DIÁLOGOS IMPOSSÍVEIS
CLIQUE PARA AMPLIAR

DIÁLOGOS IMPOSSÍVEIS

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

/ À vista

Apresentação

Nas crônicas reunidas neste volume, Luis Fernando Verissimo escreve sobre impossibilidade, incomunicabilidade e mal-entendidos - ou seja, escreve sobre a vida.

Frequentemente comprados juntos

Objetiva

Diálogos impossíveis

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Alfaguara

Os espiões

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Alfaguara

O clube dos anjos (Nova edição)

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Preço total de

R$ 209,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Objetiva

Ironias do tempo

Luis Fernando Verissimo

R$ 74,90

Objetiva

Os últimos quartetos de Beethoven

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Objetiva

Em algum lugar do paraíso

Luis Fernando Verissimo

R$ 74,90

Objetiva

O melhor das comédias da vida privada

Luis Fernando Verissimo

R$ 79,90

Objetiva

As mentiras que os homens contam

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Objetiva

Ed Mort

Luis Fernando Verissimo

R$ 59,90

Indisponível

Alfaguara

O clube dos anjos (Nova edição)

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Boa Companhia

Informe do planeta azul

Luis Fernando Verissimo

R$ 54,90

Ficha Técnica

Páginas: 176 Formato: 15.00 X 23.00 cm Peso: 0.27 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 19/09/2012
ISBN: 978-85-3900-413-3 Selo: Objetiva Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Nas crônicas reunidas neste volume, Luis Fernando Verissimo escreve sobre impossibilidade, incomunicabilidade e mal-entendidos - ou seja, escreve sobre a vida.

Qual um existencialista dotado de senso de humor, Verissimo persegue em suas crônicas o absurdo que marca a existência humana - salvo engano, a única que se preocupa com o seu propósito, o seu término e se alguém está falando demais na hora do pôquer. Em nenhum momento essa maldição se torna mais evidente do que na hora em que o homem abre a boca. Então, o que era para comunicar acaba é "estrumbicando". Tais constatações podem ser verificadas em seu novo livro, Diálogos impossíveis, seja no diálogo imaginário de Don Juan tentando seduzir a própria Morte ou na conversa cotidiana de um casal que se desentende na hora de dormir. Tanto faz. O homem - e, sejamos igualitários, a mulher - parece falar o que não deve e calar no fundamental. Para sorte do leitor, Verissimo está sempre por perto, registrando os hilariantes momentos em que o ser humano exerce sua vocação para a confusão.

Sobre o autor