CLIQUE PARA AMPLIAR

Apresentação

Edição bilíngüe de uma antologia com mais de 150 poemas selecionados pelo próprio autor, Prêmio Nobel de Literatura em 1995. Introdução e notas explicativas de José Antônio Arantes.

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Poemas

Adonis

R$ 79,90

Indisponível

Companhia das Letras

O diário de Guantánamo

Mohamedou Ould Slahi

R$ 79,90

Seguinte

O menino negro

Camara Laye

R$ 64,90

Companhia das Letras

Poemas

Marianne Moore

R$ 44,90

Indisponível

Companhia das Letras

Jardim, cinzas

Danilo Kis

R$ 42,00

Indisponível

Objetiva

A esposa secreta de Luís XIV

Veronica Buckley

R$ 99,90

Companhia das Letrinhas

A águia que não queria voar

James Aggrey

R$ 44,90

Indisponível

Fontanar

Sobrevivi para contar

Immaculée Ilibagiza Steve Erwin

R$ 59,90

Companhia das Letras

Poemas

W. B. Yeats

R$ 36,00

Indisponível

Companhia das Letras

Poemas

W. H. Auden

R$ 79,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Poems-heaney Páginas: 342 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.4 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 04/08/1998
ISBN: 978-85-7164-791-6 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Edição bilíngüe de uma antologia com mais de 150 poemas selecionados pelo próprio autor, Prêmio Nobel de Literatura em 1995. Introdução e notas explicativas de José Antônio Arantes.

Não é difícil perceber que a fonte primeira da poesia de Seamus Heaney -- Prêmio Nobel de Literatura em 1995 -- deriva do sentimento de reciprocidade para com a natureza e a comunidade humana que nela trabalha. Longe, porém, de se restringir a uma esfera puramente introspectiva, o poeta combina o lirismo de suas reminiscências a um sentido profundo de responsabilidade individual diante dos dilemas coletivos. A história de violências da Irlanda do Norte, que se acirrou nos anos 70 com episódios terríveis, exigiria de Heaney imagens e símbolos adequados àquela realidade, adicionando à sua poesia uma complexidade histórica, política e humanista. A edição brasileira, bilíngüe, reproduz na íntegra a antologia New selected poems (1966-87), preparada pelo próprio Heaney; são mais de 150 poemas traduzidos por José Antônio Arantes, responsável também por uma valiosa introdução e várias notas explicativas no fim do volume.

Sobre o autor

Prêmios