CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

BIS

Autor: Ricardo da Cunha Lima
Ilustrador: Luiz Maia

Apresentação

Poemas que falam de uma máquina de fazer chuva, e chuva com um delicioso sabor de frutas, de uma geladeira de micro-ondas, que em vez de esquentar congela, e de muito mais, além de uma generosa e informativa lição de poesia, são os componentes deste Bis.

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Do avesso

Ricardo da Cunha Lima

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

O mais sensacional atlas do mundo todo

Simon Adams

R$ 69,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Zoo zureta

Fabrício Corsaletti

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Grande pequeno

Blandina Franco

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

A interessante ilha Dukontra

Marcelo Cipis

R$ 59,90

Companhia das Letrinhas

Virou bicho!

Ernani Ssó

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Qual é o seu norte?

Silvana Salerno

R$ 58,41

Companhia das Letrinhas

Joaquim e Maria e a estátua de Machado de Assis

Luciana Sandroni

R$ 69,90

Companhia das Letrinhas

Ynari

Ondjaki

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Juca e os anões amarelos

Jostein Gaarder

R$ 54,90

Ficha Técnica

Título original: Bis Páginas: 64 Formato: 20.70 X 20.70 cm Peso: 0.184 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 23/11/2010
ISBN: 978-85-7406-450-5 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Luiz Maia

SOBRE O LIVRO

Poemas que falam de uma máquina de fazer chuva, e chuva com um delicioso sabor de frutas, de uma geladeira de micro-ondas, que em vez de esquentar congela, e de muito mais, além de uma generosa e informativa lição de poesia, são os componentes deste Bis.

Quarto livro do autor dedicado à poesia - e às crianças -, neste Bis treze poemas tratam dos mais variados temas: vontades esquisitas (como a de querer "entrar para fora e sair para dentro"), casamentos inusitados, um bruxo que bagunça uma feira de ciência ao dar vida aos objetos, uma cama que engole gente (e que fornece uma boa desculpa naqueles dias em que não dá vontade de levantar), entre outras situações divertidas. Há ainda um poema visual sobre um mapa do tesouro.
Como nos outros volumes, o autor explica, em um apêndice, a diferença entre prosa e poesia, e fala sobre alguns dos principais conceitos desse gênero, como verso, estrofe, ritmo, verso branco, musicalidade. Assim, o leitor aprende não só a ler poesia, como também é incentivado a criar os seus próprios poemas.

Sobre o autor