CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

COBRA-TATU

Autor: Rodrigo Naves
Ilustrador: Luísa Amoroso

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

Cobra e tatu, tatu e cobra: quando esses dois se encontram no meio da floresta, a bicharada toda fica com medo de dar confusão. Mas o que acontece é bem mais divertido do que se poderia esperar – tanto que acaba em... dança.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

Cobra-tatu

Rodrigo Naves

R$ 59,90

Companhia das Letrinhas

Fábulas

Liev Tolstói

R$ 59,90

Companhia das Letrinhas

João do Pum

Mario Prata

R$ 59,90

Preço total de

R$ 179,70

Adicionar ao carrinho
Pequeno manual de peixes marinhos e outras maravilhas aquáticas

Companhia das Letrinhas

Pequeno manual de peixes marinhos e outras maravilhas aquáticas

Beatriz Chachamovits

R$ 69,90

Contos de sacisas

Companhia das Letrinhas

Contos de sacisas

José Roberto Torero

R$ 59,90

Indisponível
Malala e seu lápis mágico

Companhia das Letrinhas

Malala e seu lápis mágico

Malala Yousafzai

R$ 69,90

Brasileirinhos da Amazônia

Companhia das Letrinhas

Brasileirinhos da Amazônia

Lalau Laurabeatriz

R$ 59,90

Canarinho, cachorrão e a tigela de ração

Companhia das Letrinhas

Canarinho, cachorrão e a tigela de ração

Sylvia Orthof

R$ 54,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Cobra-tatu Páginas: 32 Formato: 19.00 X 25.00 cm Peso: 0.138 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 23/04/2018
ISBN: 978-85-7406-815-2 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Luísa Amoroso

SOBRE O LIVRO

Cobra e tatu, tatu e cobra: quando esses dois se encontram no meio da floresta, a bicharada toda fica com medo de dar confusão. Mas o que acontece é bem mais divertido do que se poderia esperar – tanto que acaba em... dança.

Cobra e tatu, tatu e cobra: quando esses dois se encontram no meio da floresta, a bicharada toda fica com medo de dar confusão. Mas o que acontece é bem mais divertido do que se poderia esperar -- tanto que acaba em... dança.

O tuíste é um ritmo movido a rock 'n' roll que marcou a década de 1960, e nada tem a ver com os animais que vivem tranquilamente nas florestas do Brasil. Mas, nesta narrativa escrita em versos, esses dois temas se encontram quando uma cobra entra sem permissão na toca de um tatu -- e uma briga começa a se desenhar. Se não fossem os passos do tuíste, essa comédia certamente acabaria em tragédia.

Sobre o autor