Home | Livros | Paralela | A ESPIÃ
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A ESPIÃ

Paulo Coelho

R$ 49,90

/ À vista

Apresentação

Seu único crime foi ser uma mulher livre e independente.

Frequentemente comprados juntos

Paralela

A espiã

Paulo Coelho

R$ 49,90

Paralela

O demônio e a srta. Prym

Paulo Coelho

R$ 49,90

Paralela

Hippie

Paulo Coelho

R$ 54,90

Preço total de

R$ 154,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Paralela

Onze minutos 

Paulo Coelho

R$ 49,90

Paralela

O diário de um mago

Paulo Coelho

R$ 49,90

Paralela

Brida

Paulo Coelho

R$ 49,90

Indisponível

Paralela

O alquimista

Paulo Coelho

R$ 47,90

Indisponível

Paralela

O demônio e a srta. Prym

Paulo Coelho

R$ 49,90

Paralela

Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei

Paulo Coelho

R$ 47,90

Paralela

A bruxa de Portobello

Paulo Coelho

R$ 49,90

Paralela

Veronika decide morrer

Paulo Coelho

R$ 52,90

Paralela

Manual do guerreiro da luz

Paulo Coelho

R$ 49,90

Ficha Técnica

Título original: A espiã Páginas: 184 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.268 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 05/09/2016
ISBN: 978-85-8439-037-3 Selo: Paralela Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Seu único crime foi ser uma mulher livre e independente.

"Sou uma mulher que nasceu na época errada e nada poderá corrigir isso. Não sei se o futuro se lembrará de mim mas, caso isso ocorra, que jamais me vejam como uma vítima, mas sim como alguém que deu passos com coragem e pagou sem medo o preço que precisava pagar." Mata Hari foi a mulher mais desejada de sua época: a famosa bailarina de danças orientais que chocava e encantava as plateias ao se desnudar nos palcos, a companheira de confidências e de encontros amorosos com os homens ricos e poderosos de seu tempo, a pessoa de passado enigmático que despertava o ciúme e a inveja das damas da aristocracia parisiense. Ela ousou se libertar do moralismo e dos costumes provincianos das primeiras décadas do século XX e pagou caro por isso: em 1917, foi executada pelo pelotão de fuzilamento do exército francês, sob alegações de espionagem de guerra. Em seu novo romance, Paulo Coelho mergulha com brilhantismo na vida dessa mulher fantástica, revivendo-a para o leitor contemporâneo como uma lição de que as árvores mais altas nascem de pequenas sementes.

Sobre o autor