Livro acessível
0
Carrinho
Catálogo / Companhia das Letras / PADRÕES DE INTENÇÃO
Clique para ampliar
Companhia das Letras
PADRÕES DE INTENÇÃO
A explicação histórica dos quadros
Tradução: Vera Maria Pereira
#PADROESDEINTENCAO
Neste clássico da história social da arte, publicado originalmente em 1985, Michael Baxandall investiga a relação entre o artista e seu tempo, em busca de uma nova maneira de entender obras antigas e modernas.
Apresentação
Em Padrões de intenção, o historiador Michael Baxandall propõe uma nova metodologia para observar obras de arte. O ponto de partida é uma análise singular da construção de uma ponte na Escócia. Baxandall isola certos fatores históricos que determinaram a obra - como a tentativa malsucedida de erguer uma ponte parecida -, de questões práticas, técnicas e daquelas que podem ser consideradas estéticas. A partir daí, ele examina três quadros específicos - Retrato de Kahnweiler, de Picasso, Uma dama tomando chá, de Chardin, e Batismo de Cristo, de Piero della Francesca - em busca de indícios históricos ou individuais que o ajudem a delinear uma espécie de "trajetória do pensamento" do artista até culminar na pintura.
Não se trata, porém, de investigar as intenções psicológicas que regem as mentes dos artistas, mas, como diz o autor, de estabelecer "uma relação entre o objeto e suas circunstâncias". Essas circunstâncias, embora diferentes para uma obra cubista e outra do Renascimento, por exemplo, se apresentam calcadas em intenções racionais. Por isso, argumenta o autor, é possível apreciar uma obra de arte mesmo que ela tenha sido criada em um contexto com o qual não temos relação. Baxandall propõe que observemos os quadros tanto individualmente como no panorama geral em que estão inseridos, permitindo assim uma análise clara, abrangente, e ainda específica e pormenorizada.
Ficha Técnica
Título original: PATTERNS OF INTENTION
Tradução: Vera Maria Pereira
Capa: Angelo Venosa
Páginas: 248
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Peso: 0.436 kg
Acabamento: Capa flexível
Lançamento: 27/03/2006
ISBN: 9788535907889
Selo: Companhia das Letras
Série
ACADEMIAS DE ARTE - Passado e presente
Nikolaus Pevsner
Neste clássico da história da arte, originalmente lançado em 1940, Nikolaus Pevsner pesquisa a evolução do ensino artístico e suas relações com a política, a sociedade e a estética ao longo de quatro séculos, desde as primeiras experiências renascentistas até a Bauhaus alemã. Leia +
A CAIXA DE PANDORA - As transformações de um símbolo mítico
Dora Panofsky e Erwin Panofsky
Neste volume da Coleção História Social da Arte, os historiadores Dora e Erwin Panofsky destrincham os percursos e as metamorfoses do mito de Pandora ao longo dos séculos em diferentes tradições e registros. Leia +
A GÊNESE DA SOCIEDADE DO ESPETÁCULO - Teatro em Paris, Berlim, Londres e Viena
Christophe Charle
Christophe Charle faz um estudo minucioso dos primórdios da sociedade do espetáculo no século XIX, com foco na multidão anônima de atores, diretores e autores que trabalharam no teatro, muitos deles esquecidos pela história. Leia +
HISTÓRIAS DE FANTASMA PARA GENTE GRANDE - Escritos, esboços e conferências
Aby Warburg
Coletânea de ensaios atesta a crescente importância da obra inesgotável de Aby Warburg. Leia +
O MODELO ITALIANO
Fernand Braudel
Neste livro da coleção História Social da Arte, coordenada por Sergio Miceli e Lilia Moritz Schwarcz, o historiador francês Fernand Braudel analisa as condições sociais, culturais e econômicas que propiciaram o apogeu italiano de 1450 a 1650. Leia +
PADRÕES DE INTENÇÃO - A explicação histórica dos quadros
Michael Baxandall
Neste clássico da história social da arte, publicado originalmente em 1985, Michael Baxandall investiga a relação entre o artista e seu tempo, em busca de uma nova maneira de entender obras antigas e modernas. Leia +
A PINTURA DA VIDA MODERNA - Paris na arte de Manet e de seus seguidores
T. J. Clark
Aclamado estudo sobre a pintura impressionista e a Paris do século XIX que se foca nas obras de arte e nas motivações sociais do período. Ensaio revitalizador da crítica da pintura moderna, o livro dá início à coleção História Social da Arte, coordenada por Sérgio Miceli e Lilia Moritz Schwarcz. Edição ilustrada com mais de 120 imagens. Leia +
RETRATO E SOCIEDADE NA ARTE ITALIANA - Ensaios de história social da arte
Enrico Castelnuovo
Reunidos pela primeira vez em livro, estes seis ensaios fundamentais abordam aspectos da arte italiana dos séculos XIV ao XIX e debatem a moderna história social da arte. Leia +
Autor
Comentários

Deixe seu comentário

Você deve estar logado para comentar
Faça seu login

Assine a newsletter da Companhia