Títulos / Companhia das Letras / DIGAM A SATÃ QUE O RECADO FOI ENTENDIDO
Companhia das Letras
DIGAM A SATÃ QUE O RECADO FOI ENTENDIDO
#DIGAMASATAQUEORECADOFOIENTENDIDO
Conspirações, deuses vingativos e uma agência de turismo que inventa lugares mal-assombrados em Dublin na volta de Daniel Pellizzari à ficção.
Apresentação
Difícil dizer o motivo que levou Magnus Factor a prolongar sua curta estadia em Dublin, Irlanda, para uma residência fixa e negócio próprio na capital mundial da cerveja escura e da briga de rua. Fácil é precisar o momento embaraçoso em que tudo aquilo havia acontecido. Um milk-shake e duas palavras erradas de uma eslava, às vezes é tudo que basta para o sujeito ficar onde está.
Numa encruzilhada de turistas e imigrantes, Magnus abre uma agência de passeios por locais mal-assombrados de Dublin, todos inventados por ele. Seus sócios vêm da Polônia e das ilhas Maurício, e mesmo o único irlandês do grupo, contratado para dar autenticidade à iniciativa, se diz nascido na “República de Cork”. É o pretexto para Daniel Pellizzari, de volta à ficção após oito anos, criar em torno de Magnus um espiral de loucura e desespero que vai envolver terrorismo poético, cultos obscuros, traficantes gregos, um antigo deus cobra irlandês e um pouco do velho e bom amor itinerante.
Em Digam a Satã que o recado foi entendido, Pellizzari dá voz aos profetas e perdedores de Dublin, captando com humor e empatia seus discursos ora atropelados, ora ternos, em meio a sequestros de tesouros nacionais, virgens suicidas, videogames e o eventual assassinato. Narrados numa prosa que lembra Irvine Welsh, Junot Díaz e Roberto Bolaño, os encontros improváveis desses idiotas extraordinários conduzirão o leitor rumo à inevitável conclusão de que, como diz a placa no pub favorito de Magnus, HOJE É O AMANHÃ QUE ONTEM NOS PREOCUPAVA, E TUDO VAI BEM. Isso e um milk-shake. Às vezes é tudo que o cara precisa.
Ficha Técnica
Título original: DIGAM A SATÃ QUE O RECADO FOI ENTENDIDO
Capa: Retina _ 78
Páginas: 184
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Peso: 0.266 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 28/06/2013
ISBN: 9788535922899
Selo: Companhia das Letras
Série
BARREIRA
Amilcar Bettega Barbosa
Istambul é o cenário de um romance ousado e absorvente. A estreia na narrativa longa de um dos melhores contistas brasileiros contemporâneos. Leia +
CORDILHEIRA
Daniel Galera
Primeiro lançamento da coleção Amores Expressos, Cordilheira fala de uma escritora brasileira que muda sua vida ao conhecer um misterioso fã numa viagem à Argentina. Uma trama sobre perdas e sonhos, mas também uma reflexão sobre os limites nem sempre definidos entre realidade e ilusão. Leia +
DIGAM A SATÃ QUE O RECADO FOI ENTENDIDO
Daniel Pellizzari
Conspirações, deuses vingativos e uma agência de turismo que inventa lugares mal-assombrados em Dublin na volta de Daniel Pellizzari à ficção. Leia +
DO FUNDO DO POÇO SE VÊ A LUA
Joca Reiners Terron
Wilson e William são gêmeos mas não poderiam ser mais diferentes. Um é violento e taciturno, o outro é feminino e inteligente. Uma trama exótica e imprevisível, que nos leva da São Paulo da década de 1980 até os cabarés clandestinos de um Egito contemporâneo e decadente. Leia +
ESTIVE EM LISBOA E LEMBREI DE VOCÊ
Luiz Ruffato
Neste terceiro volume da coleção Amores Expressos, Luiz Ruffato revela sua mão segura e inventiva ao narrar a história de Serginho, mineiro desiludido com o casamento e a falta de emprego que decide se aventurar em Portugal, em busca de redenção financeira e, quiçá, amorosa. Leia +
O FILHO DA MÃE
Bernardo Carvalho
Segundo volume da coleção Amores Expressos, O filho da mãe entrelaça as histórias de um punhado de mulheres que buscam livrar seus filhos da guerra, da solidão e do crime. Do autor de Mongólia e Nove noites. Leia +
ITHACA ROAD
Paulo Scott
Neste novo romance do projeto Amores Expressos, Paulo Scott narra uma delicada história de amor e amizade. Leia +
O LIVRO DE PRAGA - Narrativas de amor e arte
Sérgio Sant'Anna
Os sete contos que compõem o sexto volume da coleção Amores Expressos narram a viagem improvável de Antônio Fernandes à capital tcheca. A ponte Carlos é o eixo geográfico de aventuras que insistem na ideia de que transcendência, arte e sexo convergem em morte. Leia +
NUNCA VAI EMBORA
Chico Mattoso
Um jovem dentista brasileiro viaja a Havana, onde sua namorada pretende filmar um documentário. O desaparecimento repentino da garota atira o protagonista numa espiral obsessiva que encontra eco nas idiossincrasias da vida cubana. Leia +
O ÚNICO FINAL FELIZ PARA UMA HISTÓRIA DE AMOR É UM ACIDENTE
João Paulo Cuenca
Destaque da nova geração de escritores brasileiros, J. P. Cuenca narra a tórrida e acidentada relação de um jovem executivo de Tóquio com uma garçonete do Leste Europeu. O casal é ameaçado pelo perverso pai do rapaz, um velho poeta que vive com uma boneca erótica e mantém uma rede de voyeurismo. Leia +
Autor
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A.
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone.: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Todos os direitos reservados 2017