Livro acessível
0
Carrinho
Títulos / Alfaguara / MEMÓRIAS INVENTADAS
Clique para ampliar
#MEMORIASINVENTADAS
Nos bem medidos poemas em prosa deste livro, pequenas historietas recuperam, como pérolas buriladas, a poética e a ética de uma vida inteira: as infâncias de Manoel de Barros.
Apresentação
Memórias inventadas reúne três livros de Manoel de Barros de poesia em prosa. A ideia inicial proposta a Manoel era a de escrever as várias fases de sua vida, cada uma em um volume. Em 2003, ele publicou Memórias inventadas: a infância. Depois do primeiro livro da série projetada, o poeta percebeu, contudo, que a escrita da memória, a memória do poeta, teria que ser sempre a escrita de uma infância — imaginária, sim, porém enraizada na experiência vivida. As três idades do homem seriam três infâncias. A infância é seu manancial permanente de inspiração e trabalho.
Em 2006, saía Memórias inventadas: a segunda infância e, em 2008, Memórias inventadas: a terceira infância. A Alfaguara publica agora o conjunto, que possui notável unidade temática e formal. Na obra de Manoel de Barros, a dificuldade/ originalidade de elaboração da linguagem é, paradoxalmente, revestida de extrema simplicidade. Esse é o segredo de seu sucesso popular e do apreço que os especialistas têm por sua poesia.
Ficha Técnica
Título original: MEMÓRIAS INVENTADAS
Capa: Regina Ferraz
Páginas: 112
Formato: 15.00 X 23.40 cm
Peso: 0.213 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 20/04/2018
ISBN: 9788556520647
Selo: Alfaguara
Autor

Assine a newsletter da Companhia