Home | Livros | Companhia das Letras | MORDA MEU CORAÇÃO NA ESQUINA
CLIQUE PARA AMPLIAR

MORDA MEU CORAÇÃO NA ESQUINA

Poesia reunida

Roberto Piva
Alcir Pécora (Org.)

R$ 99,90

R$ 84,92

/ À vista

Apresentação

Pela primeira vez, em um só volume, a obra de uma das vozes mais libertárias, vigorosas e anárquicas da poesia brasileira.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Morda meu coração na esquina

Roberto Piva

R$ 84,92

Companhia das Letras

Pessoa: uma biografia

Richard Zenith

R$ 199,90

Companhia das Letras

Sátántangó

László Krasznahorkai

R$ 89,90

Preço total de

R$ 374,72

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Como organizar uma biblioteca

Roberto Calasso

R$ 69,90

Alfaguara

Como se fosse um monstro

Fabiane Guimarães

R$ 58,41

Objetiva

Bilionários nazistas

David de Jong

R$ 119,90

Companhia das Letras

A sociedade da neve (Nova edição)

Pablo Vierci

R$ 89,90

Companhia das Letras

Mais uma vez, Olive

Elizabeth Strout

R$ 94,90

Companhia das Letras

Nosso corpo, seu campo de batalha

Christina Lamb

R$ 114,90

Zahar

Dispositivo de racialidade

Sueli Carneiro

R$ 79,90

Ficha Técnica

Páginas: 504 Formato: 13.50 X 21.00 cm Peso: 0.415 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 10/03/2023
ISBN: 978-65-5921-164-7 Selo: Companhia das Letras Capa: Elisa von Randow Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Pela primeira vez, em um só volume, a obra de uma das vozes mais libertárias, vigorosas e anárquicas da poesia brasileira.

Autor de versos radicais e transgressores, Roberto Piva estreou na literatura em 1963, com Paranoia, numa edição acompanhada por fotografias do artista plástico Wesley Duke Lee. Dali em diante, até 2010 -- ano de sua morte --, o poeta ganharia lugar único na cena literária. Avessa às convenções sociais, à moral, aos bons costumes, ao bom-mocismo e ao modo de vida burguês, sua poesia chocou os leitores de então e segue como referência ímpar para as gerações seguintes.
Amor e erotismo aparecem como tema central na obra do autor de Piazzas. O pano de fundo é uma São Paulo noturna, caótica, feita de buzinas, esbarrões, flertes e infinitas possibilidades. Nos versos de Piva, que carregam toques de surrealismo e de misticismo, estão presentes o desejo sexual e a violência física, o delírio e a razão, a sensação coletiva das metrópoles e sua irremediável solidão.
Com organização de Alcir Pécora, Morda meu coração na esquina perfaz a trajetória de Piva, livro a livro, e traz textos de Claudio Willer, Eliane Robert Moraes e Davi Arrigucci Jr. A edição inclui ainda poemas esparsos, cronologia do autor e imagens publicadas na edição original de Paranoia.

Sobre o autor