Home | Livros | Quadrinhos na Cia | A BATALHA
CLIQUE PARA AMPLIAR

R$ 64,90

/ À vista

Apresentação

Com roteiro da historiadora Fernanda Veríssimo e arte do premiado quadrinista Eloar Guazzelli, uma obra espetacular sobre um episódio decisivo e pouco conhecido da história do nosso continente: a batalha fluvial de Mbororé.

Frequentemente comprados juntos

Quadrinhos na Cia

A batalha

Eloar Guazzelli e Fernanda Verissimo

R$ 64,90

Companhia das Letras

A queda do céu

Davi Kopenawa e Bruce Albert

R$ 109,90

Quadrinhos na Cia

Rusty Brown

Chris Ware

R$ 179,90

Preço total de

R$ 354,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Quadrinhos na Cia

O alienista (Edição em quadrinhos)

Fábio Moon Gabriel Bá Machado de Assis

R$ 69,90

Companhia das Letras

Motivos e razões para matar e morrer

Reginaldo Prandi

R$ 67,92

Companhia das Letras

Engenheiro fantasma - Vencedor Jabuti 2023

Fabrício Corsaletti

R$ 53,91

Quadrinhos na Cia

Grande sertão: veredas (Edição em quadrinhos)

João Guimarães Rosa

R$ 129,90

Quadrinhos na Cia

Sapiens (Edição em quadrinhos): Os pilares da civilização

Yuval Noah Harari

R$ 109,90

Companhia das Letras

A metade fantasma

Alan Pauls

R$ 89,90

Objetiva

Jovens heróis da União Soviética

Alex Halberstadt

R$ 89,90

Zahar

Em busca da África

Manthia Diawara

R$ 99,90

Ficha Técnica

Páginas: 96 Formato: 20.00 X 27.00 cm Peso: 0.157 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 04/03/2022
ISBN: 978-65-5921-260-6 Selo: Quadrinhos na Cia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Com roteiro da historiadora Fernanda Veríssimo e arte do premiado quadrinista Eloar Guazzelli, uma obra espetacular sobre um episódio decisivo e pouco conhecido da história do nosso continente: a batalha fluvial de Mbororé.

"Esse é um livro que mostra o quão eurocêntricas são as nossas histórias Ocidentais, e como é preciso descolonizar nossa própria imaginação. Leia com urgência." - Lilia Moritz Schwarcz

É 1756, estamos na redução de São Luís , onde se concentram as forças guaranis, reunidas por caciques que não aceitaram os termos do tratado de Madri e resolveram lutar contra as coroas ibéricas para permanecerem nas reduções. São passados mais de cem anos da batalha fluvial de Mbororé, e há iminência de um novo conflito que colocará novamente frente a frente índios guaranis e tropas espanholas e portuguesas.

Às vésperas desse embate, um cacique e um padre jesuíta contam a um menino índio sobre a vitória acontecida em 1641, quando os guaranis -- fugindo dos paulistas, que buscavam escravizá-los -- e alguns padres jesuítas organizam a resistência numa curva do rio Uruguai chamada Mbororé. Esta batalha decisiva é recriada de modo extraordinário pelo roteiro de Fernanda Veríssimo e o traço de Eloar Guazzelli. Serão oito dias de combate até a vitória final, quando, forçados a se embrenharem na mata, os paulistas serão caçados pelos guaranis. Prepare seu coração para entrar nessa narrativa ao mesmo tempo trágica e insurgente.

Sobre o autor